Notícias

A EQUIPA DE CICLISMO DO CRP RIBAFRIA | GRUPO PARAPERA – DINAZOO – RIOMAGIC VENCEU A 1 ETAPA DA TAÇA DE PORTUGAL EM TAVEIRO

Realizou-se no dia 25 de fevereiro, em Taveiro – Coimbra, a primeira prova da Taça de Portugal de Masters. Uma corrida em que os atletas competem pela liderança entre escalões, na conquista da vitória na Taça de Portugal, sendo esta prova composta por 5 etapas.

A equipa do CRP Ribafria | Grupo Parapedra – Dinazoo – Riomagic deslocou-se para esta prova com toda a sua formação composta por atletas apenas nas categorias elites, M35, M45 e M55.

Nesta prova participaram mais de duas centenas de ciclistas, divididos em duas corridas, sendo a primeira com atletas dos elites aos M40 e a segunda com as restantes categorias, que competiram num circuito de 18,29 quilómetros, e onde os elites e M30 tinham para percorrer a maior distância, 8 voltas, perfazendo um total de 146,3 quilómetros.

Apesar da ameaça, a chuva deu tréguas, sendo  o vento o grande inimigo dos ciclistas, tendo a corrida várias tentativas de fugas, com a equipa do CRP Ribafria sempre atenta, tentando controlar as movimentações.

Na passagem para a 3.ª volta deu-se uma fuga de 5 ciclistas, onde estava Jorge Marques do CRP Ribafria.

Aos cerca de 80 km de corrida, João Letras foi vítima de um furo, onde prontamente ficaram com ele 5 elementos da equipa, que após a troca de roda, num trabalho de equipa, rapidamente regressaram ao pelotão.

Na passagem para a 7.ª volta, com os escalões M35 a terminarem a prova, uma vez que percorriam 7 voltas, foi imposto um forte ritmo no pelotão pela equipa do CRP Ribafria, tentado isolar Hélder Loureiro, o qual veio a cortar a meta em 2.º lugar.

A fuga viria a ser anulada a cerca 16 km para a meta, e após Jorge Marques ser alcançado pelo pelotão a equipa assumiu o comando da corrida, com Paulo Pereira e Hélder Azevedo a impor um ritmo forte até a meta, levando e lançando João Letras que viria a ser o mais forte perante os adversários, cortando a meta em 1.º lugar.

No lançamento de João Letras para a vitória, Hélder Azevedo foi vítima de uma queda, devido ao ciclista que ia na sua frente ter caído, fazendo com fosse impossível ao Hélder desviar se, embatendo na bicicleta e caindo violentamente contra o passeio.

Na segunda corrida, em que os atletas do CRP Ribafria (Paulo Simões e Humberto Pereira), competiam no escalão M45, e percorriam 5 voltas ao circuito, Paulo Simões cortou a meta em 3.º lugar.

Na classificação coletiva a equipa do CRP Ribafria conquistou o 3.º lugar.

Esta primeira prova da época foi bastante positiva para a equipa, a qual além da vitória alcançada, demonstrou uma forte união de equipa dentro da corrida e fora dela, sobretudo, aquando da queda do Hélder Azevedo, onde a vitória passou para segundo lugar e a preocupação de toda a equipa estava com o Hélder e não com festejos da vitória. Felizmente o Hélder sofreu apenas ferimentos ligeiros.

Partilhar:

Este site usa cookies para assegurar uma melhor experiência de navegação.