Página Inicial Notícias Sociedade e Ambiente Padeira de Aljubarrota é candidata às 7 Maravilhas da Cultura Popular

Padeira de Aljubarrota é candidata às 7 Maravilhas da Cultura Popular

Reza a lenda que, com a sua pá de padeira, teria morto sete castelhanos escondidos no seu forno. Conhecida como a Padeira de Aljubarrota, Brites de Almeida é uma figura lendária associada à vitória dos portugueses contra as forças castelhanas, na Batalha de Aljubarrota (14 de agosto de 1385). A sua história constitui um dos maiores mitos fundacionais de Portugal e é candidata às 7 Maravilhas da Cultura Popular, na categoria de Lendas e Mitos.

A candidatura, recentemente submetida pela Câmara Municipal de Alcobaça, perspetiva a afirmação definitiva no imaginário coletivo da figura da Padeira de Aljubarrota através da sua inclusão na restrita lista dos 7 símbolos, figuras, tradições e património imaterial mais representativos da identidade cultural nacional.

“Das muitas razões que explicam porque Portugal está hoje na moda, uma das mais marcantes é seguramente a sua base cultural e a importância da sua cultura popular. Fruto do nosso desenvolvimento social e cultural, e ao contrário de muitos países que se renderam às maravilhas da globalização, resultando na indiferenciação e quebra de autenticidade, Portugal afirma-se hoje pelos seus valores únicos e pela dimensão da sua multiculturalidade, onde a expressão da sua autenticidade se encontra em cada um de nós, em cada aldeia, vila ou cidade”, pode ler-se no site oficial da competição – AQUI

Nesta fase inicial, os candidatos são divididos em 7 categorias:

 Artesanato

 Lendas e Mitos

 Festas e Feiras

 Músicas e Danças

 Rituais e Costumes

 Procissões e Romarias

O regulamento – que pode ser consultado AQUI – define “Lendas e Mitos” como “uma narrativa fantasiosa transmitida pela tradição oral através dos tempos. De caráter fantástico e/ou fictício, as lendas combinam fatos reais e históricos com fatos irreais que são meramente produto da imaginação aventuresca humana. Uma lenda pode ser também verdadeira, o que é muito importante.”

No âmbito desta missão de preservação e afirmação da genuinidade da cultura portuguesa, a Vereadora da Cultura Inês Silva, considera que “a Padeira de Aljubarrota, pelo seu simbolismo ancestral e pela sua carga mitológica e identitária, merece claramente um lugar entre estas 7 Maravilhas da Cultura Popular. Em 2019, marcámos uma forte presença com nossa doçaria conventual no concurso das 7 Maravilhas Doces. Este ano apostamos um símbolo que, tendo origem geográfica no nosso concelho, tem uma dimensão verdadeiramente nacional.”

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por jcaetano
Carregar mais em Sociedade e Ambiente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja Também

Peniche – Detido por tráfico de estupefacientes

O Comando Territorial de Leiria, através do Posto Territorial de Peniche, ontem, dia 3 de …