Página Inicial Notícias Sociedade e Ambiente Tribunal absolve mulher acusada de queimada que contribuíu para fogo no Pinhal de Leiria – actualização

Tribunal absolve mulher acusada de queimada que contribuíu para fogo no Pinhal de Leiria – actualização

Foi absolvida a mulher acusada de ter sido a autora de uma queimada, cujo reacendimento terá contribuído para os incêndios de outubro de 2017 no Pinhal de Leiria, esta segunda-feira, pelo Tribunal de Alcobaça.

A mulher, de 68 anos, foi julgada no Tribunal de Alcobaça, acusada da autoria de uma queimada, na Burinhosa, que teria dado origem a um incêndio no dia 15 de outubro de 2017, cujo reacendimento teria depois contribuído para o fogo na Mata Nacional de Leiria.

A juíza Ana Sofia Castelhano concluiu que, após a prova testemunhal, “não resulta provada a autoria do crime” que lhe foi imputado. O advogado de defesa não quis prestar declarações. Por identificar ficam os responsáveis que atearam o fogo que veio a devastar mais de 86% da Mata Nacional de Leiria.

Mulher acusada de queimada que contribuiu para fogo no Pinhal de Leiria conhece hoje a sentença

A mulher acusada de ter sido a autora de uma queimada cujo reacendimento terá contribuído para os incêndios de outubro de 2017 no Pinhal de Leiria, conhece hoje a sentença no Tribunal de Alcobaça.

Fonte; Lusa

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por jcaetano
Carregar mais em Sociedade e Ambiente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja Também

Óbidos – Identificado por detenção ilegal de javali

O Comando Territorial de Leiria, através do Núcleo de Proteção Ambiental de Caldas da Rain…