Página Inicial Notícias Sociedade e Ambiente Movimento Cívico pela Defesa do Promontório da Nazaré

Movimento Cívico pela Defesa do Promontório da Nazaré

Comunicado


É com enorme alegria que o Movimento Cívico pela Defesa do Promontório da Nazaré comunica à população local, do país e do estrangeiro, que a anunciada e imensamente propagandeada instalação de um Zipline na Nazaré não vai ser executada.

A nossa alegria é tão grande, quanto grande é também o valor reconhecido à nossa terra e às suas gentes. Esta gente de raça e de luta constante, desde sempre contra o mar, mas que também se sabe unir e lutar quando os valores que reconhecem importantes para a sua comunidade são atacados, como era aqui o caso, não podem ser subtraídos.

Assim foi mais uma vez! Tal como quando foi preciso defender a gestão pública das águas da Nazaré contra a ideia da sua privatização, também agora se uniram contra esse negócio da instalação de um elemento estranho à beleza natural e emblemática do nosso promontório. Estas formas de luta dos movimentos populares deverão ser tidas em conta por todos os eleitos, actuais e futuros, quando pensarem em levar por diante ideias que possam vir a prejudicar a nossa comunidade ou a nossa localidade.

O anúncio feito na televisão, no final do Verão passado, pelo presidente da câmara, ao anunciar esta obra como uma coisa muito importante para o desenvolvimento da Nazaré e do turismo local, não poderá ser aqui esquecida ou escamoteada agora que se conheceu o desfecho de tão bizarra ideia. Também não esquecemos o elevado investimento financeiro já feito e a fazer pela autarquia.

Congratulamo-nos com a decisão do executivo municipal que atalhou a tempo uma decisão, que, aos nossos olhos, promoveria uma criminosa afronta ao património natural e ambiental mais simbólico da Nazaré. Para essa decisão pesou, forçosamente, a força e consequência da nossa luta e de todas as pessoas que a sentiram como sua, dando mais força ao Movimento Cívico e popular.

É pois, por isso, da mais elementar justiça que se reconheçam e se agradeça a todos os que participaram neste Movimento, aos que deram a cara e se uniram, independentemente das suas cores políticas ou ideológicas e assim lutaram por todas as formas legais para contrariar a insensata ideia lançada pelo executivo municipal.

Aqui era apenas a nossa terra que estava em causa! Deixamos também uma palavra de agradecimento a todas as pessoas, e foram milhares, que assinaram a petição em papel e na Internet. Às muitas que comentaram nas redes sociais e às que nos enviaram imensos E-mails a prestar a sua ajuda técnica. Ainda tínhamos muitas formas de luta pela frente!

Não esqueceremos os conhecimentos adquiridos. Também não esquecemos o apoio popular de tantos e tantos cidadãos que nos manifestaram o seu apoio. Como não omitimos aqueles que não assinando a petição, por reconhecido receio de problemas futuros, nos apoiaram e nos deram palavras de força e incentivo na nossa luta.

Desde o passado dia 14 de Outubro de 2018, data da formação deste Movimento Cívico, os elementos responsáveis pelo Movimento enviaram largas dezenas de cartas, promoveram reuniões com entidades oficiais de nível local e nacional, entidades científicas, associações, partidos políticos com assento parlamentar nacional e europeu, levando a nossa luta e o conhecimento deste negócio e deste atentado à paisagem natural do nosso promontório o mais longe que nos foi possível.

A todos os que nos receberam, apoiaram e ajudaram, muito também agradecemos e agradeceremos. Hoje acabou a parte respeitante à luta. Começa agora a parte da vigilância. Já aprendemos que temos que continuar sempre vigilantes!

A Nazaré pode sempre contar connosco! Hoje podemos dormir mais descansados pois sabemos que a imagem da Nazaré não será alterada. Pouco nos importa saber se há vencedores, ou se há vencidos. Isso também “Nós Não Aceitamos”. A única coisa que nos importa é aquilo porque todos lutámos. – A Nazaré.


Nazaré, 17 de Junho de 2019

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por jcaetano
Carregar mais em Sociedade e Ambiente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja Também

Previsão do estado do tempo até 2ª feira 15 de Julho

Previsão do estado do tempo para sábado 13 de Julho segundo o Instituto Português do Mar e…