Página Inicial Notícias Sociedade e Ambiente Especialistas apelam para uma investigação aprofundada sobre a Chita de Alcobaça

Especialistas apelam para uma investigação aprofundada sobre a Chita de Alcobaça

Inserido nas comemorações do Dia Internacional dos Museus, a Câmara Municipal de Alcobaça promoveu, no passado sábado, 19 de maio, um debate sobre a Chita de Alcobaça, um dos maiores patrimónios do concelho cujas origens deverão ser objeto de uma investigação aprofundada.

A história da Chita de Alcobaça está ainda por desvendar na sua plenitude. Conhecem-se possíveis influências estéticas e persistem até aos dias de hoje alguns registos, mas a sua génese está ainda envolta em algum mistério, o que torna necessário e pertinente um renovado foco sob o prisma da arqueologia industrial.

A sessão foi moderada por Maria João Ferreira (CHAM – Centro de Humanidades, FCSH/NOVA) e contou com intervenções dos historiadores Maria Augusta Trindade e Jorge Pereira de Sampaio, dos técnicos municipais Alberto Guerreiro e César Salazar, da empresária Florbela Costa, proprietária da loja Made In Alcobaça especializada em artigos diversos feitos com Chita de Alcobaça e de Jorge Custódio (APAI), via videocomunicação.

Na sua intervenção de abertura, a Vereadora Inês Silva destacou “o papel do Município de promotor do debate em torno do património alcobacense do qual a Chita faz parte. Pese a escassez dos recursos, a Câmara Municipal tem vindo, no entanto, a criar de forma persistente diversas iniciativas de promoção do património tendo a Chita de Alcobaça um potencial muito particular e importante que podemos trabalhar. É neste sentido que procuramos criar as condições para que este debate seja possível”.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por jcaetano
Carregar mais em Sociedade e Ambiente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja Também

Detido por incêndio florestal

O Comando Territorial de Leiria da GNR, através do Posto Territorial de Bombarral, no dia …