Página Inicial Notícias Sociedade e Ambiente Consumo de Água, algumas medidas para poupar.

Consumo de Água, algumas medidas para poupar.

A água não é inesgotável.

É um património comum a todos. Cada um de nós deve valorizá-la e sentir-se responsável pelo uso que dela faz, em qualquer lugar e em qualquer momento.

Em situação de seca, o problema agrava-se e uma atitude responsável torna-se ainda mais necessária. A água que desperdiçamos pode ser essencial, e até vital, para outros.

– Prepare a sua casa, a varanda ou o jardim, de modo a reduzir ao máximo as perdas e os consumos de água.

– Altere ou ajuste alguns hábitos e a redução de consumo será significativa.

– Adapte os seus equipamentos de forma a consumirem menos.

– Se tiver de substituir eletrodomésticos, sanitários ou outros equipamentos, escolha modelos de baixo consumo.

 

Serviço Municipal de Proteção Civil recomenda a tomada de algumas medidas:

 

CANALIZAÇÃO

  • Mantenha em bom estado as tubagens de casa, torneiras, autoclismos e máquinas. Não deixe torneiras a pingar;
  • Se uma tubagem rebentar, feche imediatamente a torneira de segurança e chame um canalizador;
  • Se detetar uma fuga na via pública (rua ou jardim), avise a entidade gestora do seu concelho.

CASA DE BANHO

  • Se puder, substitua as torneiras, o chuveiro e o autoclismo por outros de menor consumo;
  • Descarregue o autoclismo só quando necessário;
  • Opte por torneiras, chuveiros e autoclismos de menor consumo;
  • Reduza a quantidade de água por descarga do autoclismo. Coloque no depósito uma garrafa de plástico cheia de água;
  • Tome duches rápidos e não deixe a água a correr enquanto se ensaboa;
  • Feche a torneira enquanto escova os dentes ou se barbeia.

COZINHA

  • Quando comprar eletrodomésticos opte pelos de menor consumo de água e de eletricidade;
  • Utilize as máquinas de lavar roupa e louça com a carga completa. Opte por programas de menor consumo;
  • Se tiver urgência em lavar pouca quantidade de roupa, lave-a à mão;
  • Se lavar roupa ou louça à mão, utilize um alguidar ou a bacia do lava-louça. Ponha a louça de molho antes da lavagem. Evite lavá-la em água corrente;
  • Aproveite alguma água das lavagens para as sanitas ou para lavar o chão de varandas ou pátios;
  • Quando lavar frutas ou legumes, aproveite a água para regar as plantas, para lavar o chão ou para sanitas.

Varandas, Jardins

  • Nunca regue as plantas na hora de maior calor. Muita da água perde-se com o calor, por evaporação. Regue de manhã cedo ou à noite;
  • Adeque a rega à necessidade das plantas. Não regue em excesso;
  • Verifique se a mangueira tem fugas de água e se é necessário substituir o sistema de rega por outro de menor consumo;
  • Armazene e regue com água da chuva;
  • Decore as suas varandas com plantas que necessitem de pouca água;
  • Opte pelo cultivo de plantas naturais da região. Estão mais adaptadas ao clima e requerem menos rega;
  • Cubra a terra dos vasos com casca de pinheiro ou outro material adequado. Diminui o contacto direto da luz com o solo, conservando a humidade da terra.

LAVAGEM DO CARRO

  • Utilize baldes de água em vez de lavar com mangueira e água corrente. Mas caso o faça, feche a torneira quando estiver a esfregar o carro;
  • Lave o carro com menos frequência.
  • .
  • .
  • .Cister fm
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por jcaetano
Carregar mais em Sociedade e Ambiente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja Também

Centro de Atendimento a Jovens promove “Oficina do Tempo”

No próximo dia 23 de novembro, o CAJ – Centro de Atendimento a Jovens – do Mun…