Página Inicial Notícias Sociedade e Ambiente Banco Alimentar do Oeste – Resultados da campanha de recolha de alimentos

Banco Alimentar do Oeste – Resultados da campanha de recolha de alimentos

Resultados

Decorreu este fim-de-semana mais uma Campanha de recolha de alimentos pelos 21 Bancos Alimentares Contra a Fome existentes no nosso País, com a colaboração de mais de 40.000 voluntários que em centenas de pontos de recolha mobilizaram a boa vontade e solidariedade dos portugueses, destinada a minorar as carências alimentares de muitos dos nossos concidadãos.

Na nossa região esta campanha, promovida pelo Banco Alimentar do Oeste, contou com a colaboração de cerca de 1.200 voluntários tendo sido angariados 41.330,00 Kg de bens alimentares, assim distribuídos pelos oitos concelhos abrangidos pela acção deste Banco Alimentar:

Concelho Total Kg

Alcobaça 9.175,00

Bombarral 3.219,00

Cadaval 890,00

Caldas da Rainha 12.772,00

Lourinhã 5.214,00

Nazaré 3.148,00

Óbidos 2.184,00

Peniche 4.728,00

TOTAL 41.330,00

Mantendo a experiência das campanhas anteriores, para além da recolha em 63 superfícies comerciais, estivemos também presentes em várias freguesias rurais, o que permitiu a adesão a esta campanha de muitas pessoas que de outro modo não poderiam colaborar.

Os resultados obtidos, embora representando um ligeiro decréscimo relativamente aos obtidos na

campanha homóloga do ano passado, devem-se essencialmente à generosidade de todos os que

doaram bens alimentares, mas também e de forma relevante aos voluntários que nos diversos locais de recolha deram muito do seu tempo e energia para a concretização destes valores de solidariedade.

O nosso agradecimento estende-se ainda às superfícies comerciais que autorizaram a recolha de

alimentos e às numerosas instituições e empresas que, de diversas formas, colaboraram em mais esta acção.

É também devida uma palavra de reconhecimento à comunicação social que, com o seu envolvimento e divulgação da actividade dos Bancos Alimentares, transformou esta iniciativa num projecto comum a toda a Comunidade.

Os bens alimentares agora doados, juntamente com os excedentes alimentares recolhidos diariamente junto de produtores, comerciantes e agricultores, bem como as doações feitas por empresas do ramo alimentar, serão distribuídos, através das 61 instituições de solidariedade social com as quais o BAO tem acordo, a cerca de 10.000 pessoas comprovadamente carenciadas, sob a forma de cabazes ou de refeições confeccionadas.

A Direcção

Caldas da Rainha, 27 de Maio de 2019

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por jcaetano
Carregar mais em Sociedade e Ambiente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja Também

Movimento Cívico pela Defesa do Promontório da Nazaré

Comunicado É com enorme alegria que o Movimento Cívico pela Defesa do Promontório da Nazar…