Página Inicial Notícias Sociedade e Ambiente Abril é o mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância

Abril é o mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância

Durante o mês de abril de 2019, a Câmara Municipal de Alcobaça associa-se à iniciativa da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Alcobaça de assinalar o “Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância” através da “Campanha Laço Azul”, com o objetivo de sensibilizar e alertar a comunidade a cerca desta problemática. Para o efeito, a CPCJ dinamizará ao longo de todo o mês de abril, várias iniciativas:

 1 a 30 de abril Exposição de desenhos e composições, alusivos à “Prevenção dos Maus Tratos” realizados e recolhidos em diversos estabelecimentos de ensino do concelho, pela equipa do projeto pedagógico ORIGAMI, promovido pela Câmara Municipal de Alcobaça. A exposição decorre 01 a 30 de abril, aberta à comunidade, das 9h às 12,30; das 14 às 17.30, no Edifício da Escola Adães Bermudes;

 24 de Abril, 14h00 debate com alunos do AECister, sobre “Prevenção da violência no namoro” no Auditório Escola Adães Bermudes;

 30 de Abril, 10h00 Desenvolvimento de uma ação conjunta de âmbito nacional, intitulada “Laço Azul Humano”. Esta ação envolverá os estabelecimentos de ensino e o terceiro sector com intervenção na infância e juventude do concelho de Alcobaça. A CPCJ irá fazer cobertura da atividade, no Centro Escolar de Alcobaça;

 Afixação de Laços Azuis, no exterior da Escola Adães Bermudes e nos edifícios da rede de parceiros.

 “Campanha do Laço Azul” Divulgação pelos estabelecimentos de ensino e terceiro sector, com intervenção na Infância e Juventude, da história de Bonnie Finney, avó e cidadã, que através da história de vida dos seus netos, vitimas de maus tratos, por parte da mãe e padrasto, demonstra que a preocupação de um único cidadão, pode despertar a consciência de todas as pessoas em geral;

 Como símbolo deste movimento durante o mês de abril e para quebrar o silêncio e a dizer não aos maus tratos na Infância, a CPCJ de Alcobaça apela à participação da sociedade civil, com a colocação de um laço azul numa porta numa janela de cada habitação;

Entidades Parceiras: Câmara Municipal de Alcobaça; Agrupamento de Escolas do concelho, Guarda Nacional Republicana de Leiria; Polícia de Segurança Pública; Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Alcobaça; Instituto de Segurança Social – Centro Distrital de Leiria.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por jcaetano
Carregar mais em Sociedade e Ambiente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja Também

Dois serralheiros residentes na Benedita morreram intoxicados por gás

Esquentador na origem da intoxicação que causou duas mortes em Portalegre Uma fuga de gás …