Portugal com 3.452 casos confirmados e 13 mortes por Covid-19. Risco de transmissibilidade recua

28-07-21 – 14h30

Quanto à matriz de risco, o risco de transmissibilidade, o famoso Rt, abrandou ligeiramente, situa-se hoje em 1,01 tanto a nível nacional como no continente.

A Direção-Geral de Saúde (DGS) contabilizou nas últimas 24 horas mais 3.452 casos confirmados e 13 mortes por Covid-19. Feitas as contas, o número total de infetados sobre para mais de 960 mil enquanto que o número de mortes cresce para 17.320 desde o início da pandemia. Existem neste momento mais 175 casos ativos (51.430).

Quanto à matriz de risco, que atualizou os dados esta quarta-feira, o nível de incidência no território nacional situa-se nos 428,3 casos por 100 mil habitantes a nível nacional. No continente, a incidência é de 439,3.

Por sua vez, o risco de transmissibilidade, o famoso Rt, abrandou ligeiramente, situa-se hoje em 1,01 tanto a nível nacional como no continente.

Em linha com o aumento de novos casos de infeção, registou-se também um aumento no número de internados. Nas últimas 24 horas, registaram-se mais seis pessoas doentes internadas em enfermaria, para um total de 934 pessoas. Já em unidades de cuidados intensivos, não se registaram novas admissões nas últimas 24h. Existem, no entanto, 200 doentes ainda necessitar de ventilação.

Quanto ao número de casos, o boletim da DGS informa que a região de LVT é hoje a mais afetada, com 1.341 novas infeções, para um total de mais de 375 mil casos, seguindo-lhe a região do Norte que contabilizou 1.194 infeções, totalizando mais de 372 mil casos confirmados. Já o Centro soma hoje mais 358 casos (128.957), no Alentejo registaram-se mais 115 infeções (33.375) e foram mais 358 no Algarve (32.163).

Nas Regiões Autónomas da Madeira (10.532 ) e Açores (7.321), registaram-se mais 39 e 57 casos confirmados, respetivamente.

Do total de mortes, cinco situaram-se no Norte (5.414), sete em LVT (7.393) e uma nos Centro (3.041). No resto do país, o Alentejo 980, o Algarve 384, enquanto que na Madeira e Açores contabilizaram-se 71 e 37 falecimentos, respectivamente, desde o início da pandemia.

Fonte; DGS/Jornal Económico

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

Copyright©Cister.fm