Página Inicial Notícias Política Vista Alegre Atlantis, despede dezenas de precários em Alcobaça

Vista Alegre Atlantis, despede dezenas de precários em Alcobaça

A administração da Atlantis, em Alcobaça, segundo denúncias que recebemos, avançou para o despedimento dos trabalhadores e das trabalhadoras com contrato a termo. As denúncias relatam que todos os funcionários que estão a acabar o primeiro contrato e os que estão a fazer três anos de casa foram chamados ao departamento de recursos humanos, onde receberam a comunicação verbal de que os contratos não iriam ser renovados. Até ao momento, foram já despedidas 15 pessoas, estando previstos 30 despedimentos até ao mês de agosto e um total de 50 até ao fim do ano.

Depois da imposição de três semanas de férias forçadas, ainda durante o mês de março, a administração da empresa comunicou aos trabalhadores e assumiu na comunicação social que não iria despedir ninguém, assinalando mesmo que contava com o empenho de todos os funcionários para o futuro da empresa e a preservação dos postos de trabalho. Depois, no mês de abril, acionou o mecanismo de lay off, numa decisão em que o Grupo Vista Alegre anunciou que a medida incluiu uma parte dos trabalhadores da unidade de Ílhavo e da Atlantis em Alcobaça. Assim, à semelhança do que tem vindo a acontecer em várias situações ao longo dos últimos meses, após beneficiar de apoios públicos para manter postos de trabalho e ultrapassar as dificuldades que resultam da crise sanitária, a administração da Atlantis simplesmente descarta os trabalhadores precários e deixa estas dezenas de pessoas numa situação de grande vulnerabilidade.

Esta unidade industrial faz parte, desde 2001, do grupo Vista Alegre Atlantis, o maior grupo nacional na área da produção de louça de mesa. A imposição de férias sem acordo aconteceu também na fábrica da Vista Alegre em Ílhavo e na Cerutil, uma empresa que integra o universo Vista Alegre Atlantis desde 2018. Por sua vez, o Vista Alegre Atlantis é detido, desde 2019, pelo Grupo Visabeira.

Fonte e foto;Despedimentos.pt

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por jcaetano
Carregar mais em Política

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja Também

Comunicado do Conselho de Ministros de 13 de agosto de 2020

1. O Conselho de Ministros aprovou hoje a resolução que prorroga a declaração da situação …