Página Inicial Notícias Política Património da Humanidade do Centro de Portugal explicado às crianças em livro infantil

Património da Humanidade do Centro de Portugal explicado às crianças em livro infantil

No âmbito da candidatura “Lugares Património Mundial do Centro de Portugal”, a Turismo do Centro apresentou ontem, 14 de janeiro, no Mosteiro de Alcobaça, o livro infantil “Imagina um Tesouro”, um projeto editorial cofinanciado que irá servir de suporte à experiência turística e à visitação por parte do público escolar e das famílias.

A publicação foi desenvolvida pela multipremiada editora Planeta Tangerina em colaboração com os serviços educativos de cada um dos quatro monumentos Património da Humanidade da Região Centro de Portugal, Mosteiro de Alcobaça, Mosteiro da Batalha, Universidade de Coimbra (Alta e Sofia) e Convento de Cristo em Tomar.

“Preservar e promover o nosso património, sensibilizando as novas gerações para a sua importância é uma responsabilidade permanente por parte dos decisores políticos e institucionais. O nosso património é um legado milenar que irá continuar a sê-lo através de iniciativas como esta”, afirmou o Presidente da Câmara Municipal de Alcobaça, Paulo Inácio.

Para o Presidente da Turismo do Centro, Pedro Machado “o nosso trabalho de captação de turismo tem atingido números extraordinários, mas deve ser sempre complementado com uma componente de formação de novos públicos. São no fundo as crianças de hoje os futuros responsáveis por este trabalho. Temos essa obrigação de lhes suscitar o gosto e a paixão por estes verdadeiros tesouros que temos na nossa região Centro”.

Desde 2015 que o Município de Alcobaça integra o projeto “Era Uma Vez: Monges, Cavaleiros e Reis – À Descoberta dos Mosteiros Património Mundial do Centro”, uma iniciativa conjunta com Tomar, Batalha e Coimbra, que dá aos alunos do 4º ano destes quatro municípios a oportunidade de conhecerem de perto os quatro monumentos Património da Humanidade da região centro. Este livro agora publicado irá funcionar como suporte de visitação aos alunos que estão a participar na corrente edição do projeto e será oportunamente oferecido aos alunos do 5ª e 6º ano que participaram nas edições anteriores.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por jcaetano
Carregar mais em Política

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja Também

PSD questiona Governo sobre o nó de Aljubarrota no IC9

O IC 9 é um itinerário complementar que faz a ligação entre a Nazaré e o IC3 em …