Página Inicial Notícias Política Opinião de Octávio Serrano – Trump e Joe Biden duas grandes ilusões

Opinião de Octávio Serrano – Trump e Joe Biden duas grandes ilusões

O candidato democrata Joe Biden ganhou as eleições norte-americanas; não me congratulo com o facto; nem me congratularia se as ganhasse, o Donald Trump; pois para mim, embora ambos possuam visões muito diferentes, e até opostas, para a sociedade americana, nenhum aposta na construção de uma sociedade inclusiva e harmoniosa; Joe Biden, é um “homem de palha” dos grandes interesses ligados à globalização; Donald Trump uma figura excêntrica, apoiado pelo grande capital de Wall Street e do petróleo; a América certamente continuará a fechar as suas fronteiras às importações chinesas; mas a produção industrial, não voltará às pequenas cidades da América profunda; pois deslocar-se-á da China, para paises da sua periferia; os milhões de pobres e classe média, que sofrem nas cinturas das grandes cidades, vão continuar a sofrer com salários baixos e forte precaridade, apesar dos programas de assistência que Joe Biden possa implementar!

Para seguir a evolução das eleições americanas, escolhi o site do New York Times; na sua primeira página, aparecia um mapa dos EUA, dividido por Estados; os Estados que Joe Biden ganhava, apareciam a azul; os Estados que o Donald Trump ganhasse apareciam a vermelho; mas se se carregasse com o cursor do rato num desses Estados, logo aparecia esse Estado dividido, nos seus condados; e esse Estado deixava de aparecer na cor uniforme de quem o ganhou; para aparecer como um mosaico pintalgado, por várias matizes de azul e vermelho; conforme os condados houvessem sido ganhos por Joe Biden ou por Donald Trump. E o que foi muito revelador nesses mapas, é que Donald Trump tinha a sua cor disseminada pela chamada América Profunda; pelas pequenas aldeias, vilas e cidades; e o Joe Biden, tinha a sua cor concentrada nos grandes centros urbanos e nas suas periferias; e isto não pode ser coincidência! As pessoas, de ambas as zonas apostaram no seu candidato preferido, em função das suas expectativas, em relação à perspectiva do que cada um dos candidatos lhes poderia proporcionar no futuro; cada um com a sua miragem!

O “country” americano, quando vota em Trump, vota numa ilusão; sonha com o renascimento da depressiva economia das pequenas vilas e cidades, espalhadas pelas suas enormes extensões; comunidades depauperadas e deprimidas pela  globalização predadora e pela concentração capitalista da propriedade agrícola; sonham com um tempo que só poderia voltar, com a imposição de barreiras alfandegárias muito altas nas fronteiras americanas; que protegesse o assalariado americano e o pequeno proprietário; mas sabe-se, que caso isso acontecesse também aconteceria a robotização industrial e a automação agrícola massiva dentro dos EUA; sonham pois com o retorno impossível de um tempo que passou; pois a pequena industria não voltará; nem a pequena e média propriedade agrícola voltará a ser viável!

Do mesmo modo os excluídos da América, residentes nos subúrbios das grandes cidades, quando votam em Joe Biden, votam numa miragem; eles votam neste candidato, por saberem que de Trump não podem esperar nada; a precaridade; o baixo nível salarial; a falta de protecção social; a falta de assistência na saúde; a marginalização económica, são os seus principais problemas; com Joe Biden no poder, poderá haver alguma melhoria na assistência social ou na saúde; mas todos os outros factores que deprimem a sua existência exacerbar-se-ão; pois a globalização continuará a profundar-se; agora explorando as massas de descamisados da Índia, do Vietname ou das Filipinas.

O “make money”, exercido seja da maneira que for, é que contará; o lucro dos grandes empórios é que será decisivo; os problemas existenciais das populações são mero pormenor; e tanto Trump como o Biden sabem bem, que uns pózinhos de esperança, distribuída a esmo por eleitores alienados, é mais do que suficiente, para chutar com tudo aquilo, por mais quatro anos para a frente! Os problemas da América só se irão agravar! Pois a América está podre!

Um bem hajam e uma boa semana!

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por RuiCustodio
Carregar mais em Política

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja Também

Câmara de Alcobaça realiza desmatação do Rio Alcoa na zona da Levadinha

A Câmara Municipal de Alcobaça procedeu, recentemente, a um trabalho de desmatação das mar…