Página Inicial Notícias Política OesteLED ESE quer reduzir 3,4 milhões de euros na fatura energética dos Municípios da Região Oeste

OesteLED ESE quer reduzir 3,4 milhões de euros na fatura energética dos Municípios da Região Oeste

A Comunidade Intermunicipal do Oeste e a Oeste Sustentável – Agência Regional de Energia e Ambiente da Região Oeste estimam poupar 3,4 milhões de euros por ano na fatura energética dos doze Municípios da Região Oeste.

A iniciativa surge no âmbito do Projeto OesteLED ESE que vai substituir os sistemas de iluminação pública da Região por lâmpadas LED.


Em Conferência de Imprensa, Pedro Folgado referiu que o projeto arrancou com a substituição de cerca de 6000 luminárias nos municípios de Bombarral, Lourinhã e Sobra de Monte Agraço, tendo este processo iniciado a 13 de maio no município do Bombarral.


O Presidente da Comunidade Intermunicipal do Oeste acrescentou ainda que está programada, até ao final do ano, a substituição nos 12 municípios. Constituída por 365 mil habitantes, a Região Oeste possui atualmente uma fatura energética de cerca de 6,5 milhões de euros por ano e 17,1 toneladas de emissões de gases de efeito de estufa.


O objetivo será substituir cerca de 68.500 pontos de luz, o que representa uma redução de 26,4 GWh (de 36 para 10kwh/ano), o equivalente a aproximadamente 7500 habitações e a uma redução de 12,4 toneladas de CO2.


A poupança estimada na fatura energética da Região Oeste representa uma redução de 72,42%, passando de 4,7 milhões de euros para 1.3 milhões de euros por ano.


A iniciativa surge da necessidade de melhoria da eficiência energética na iluminação pública, em linha com o Plano Nacional Energia e Clima, que visa promover a descarbonização da economia e a transição energética, atingindo a meta de neutralidade carbónica em 2050.


Conforme referido por André Rijo, Presidente da Câmara Municipal de Arruda dos Vinhos e Vogal do Conselho de Administração da Oeste Sustentável, esta iniciativa constitui, a nível de valor agregado, o 10º maior projeto de iluminação pública LED do mundo e o maior no país.


André Rijo acrescenta ainda que o projeto “não se esgota na substituição de luminárias”, pretendendo-se, por um lado, avançar com o projeto na sua versão 4.0, ou seja numa perspetiva SMART REGION e, também, muito importante, que o resíduo produzido com esta substituição “seja
aplicado a um projeto de educação ambiental, muito focalizado na problemática das alterações climáticas.


Deste modo, através do OesteLED ESE “até ao final do ano temos uma região mais sustentada” e que “cumpre com os desígnios do Pacto dos Autarcas que foi subscrito por todos os municípios”.


Sobre a Comunidade Intermunicipal do Oeste


A Comunidade Intermunicipal do Oeste é uma pessoa coletiva de direito público de natureza associativa e âmbito territorial e visa a prossecução conjunta com os Municípios associados das respetivas atribuições. A Comunidade Intermunicipal é composta pelos Municípios de Alcobaça, Alenquer, Arruda dos Vinhos, Bombarral, Cadaval, Caldas da Rainha, Lourinhã, Nazaré, Óbidos, Peniche, Sobral de Monte Agraço e Torres Vedras.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por jcaetano
Carregar mais em Política

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja Também

Opinião de Eduardo louro – Coisas que nos envergonham

https://youtu.be/yAQTr371v_0 Foi notícia na passada semana o caso do recém-nascido deitado…