Página Inicial Notícias Política O Estado Actual do Museu Dr. Joaquim Manso

O Estado Actual do Museu Dr. Joaquim Manso

 

Sendo um direito constitucional de cada cidadão a fruição e o acesso à Cultura, sendo uma obrigação do Estado central a preservação e defesa do nosso património, memória e identidade colectiva, a CDU-Nazaré considera inaceitável a situação actual em que se encontra o Museu Dr. Joaquim Manso na Nazaré.

 

Esta força política teve conhecimento de que o Museu já não tem condições mínimas para se manter aberto ao público durante o fim-de-semana, por diversas razões, privando os cidadãos desse direito inalienável, supra mencionado. Por outro lado, todo o património que o edifício alberga, da mais preciosa valia para a preservação da nossa identidade local e construção da memória futura, está cada vez mais ameaçado pela degradação estrutural, demasiado evidente, de todo o edifício.

 

É lamentável e incompreensível, a todos os títulos, que o Museu Dr. Joaquim Manso se encontre num estado de tal indigência física. Perdendo-se a história, hipoteca-se o futuro. Sabendo que o investimento na Cultura não tem sido prioridade nem para os governos centrais nem para a autarquia local, assim se explica este cenário. A CDU, como até aqui, irá defender a dignificação e valorização do Museu Dr. Joaquim Manso, por diversas formas, considerando-o único e insubstituível no contexto histórico-cultural da Nazaré.

 

Para além da intervenção institucional na Assembleia Municipal da Nazaré; na Assembleia de Freguesia da Nazaré; na Assembleia de Freguesia de Valado dos Frades; na Assembleia da República, através da bancada do PCP e da redacção de uma informação a enviar à Presidência da República e à Direcção Geral de Cultura do Centro, a CDU-Nazaré, irá também fazer acções de recolha de assinaturas, mobilização popular, alavancar uma lista nacional de amigos do Museu Dr. Joaquim Manso e acções de sensibilização junto das colectividades do concelho, tendo em vista a resolução de um problema que consideramos da maior gravidade e que tem que ter a necessária visibilidade.

 

O encerramento do Museu Dr. Joaquim Manso aos fins-de-semana rapidamente resvalará para o seu encerramento definitivo. Inaceitável, tendo em conta também o discurso hegemónico apologético do turismo e quando o número de visitantes tem vindo a aumentar significativa e sistematicamente. Esta, como tantas outras na área da Cultura, será uma batalha que a CDU-Nazaré assume como prioritária

.

.

.Cister fm

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por jcaetano
Carregar mais em Política

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja Também

Opinião de Henrique Neto na Cister Fm

  Comentário, Observação, Actualidade, Política, Económica e Social, a Visão e Opiniã…