Página Inicial Notícias Política Município de Leiria planta três árvores por cada espécime abatido

Município de Leiria planta três árvores por cada espécime abatido

 

O Município de Leiria efetuou a plantação de três árvores por cada espécime que foi abatido em 2018, revelou esta sexta-feira a vereadora responsável pelos Espaços Verdes, Ana Valentim.

No ano de 2018, o Município procedeu ao abate de 57 exemplares no concelho, onde se inclui as árvores danificadas pela tempestade Leslie existentes no espaço público.

Por outro lado, procedeu a ações de plantação de 190 exemplares, tendo ultrapassado o rácio de três plantações por cada abate.

Segundo a vereadora, a decisão de abate apenas é tomada quando a árvore se encontra em declínio, tornando-se frágil e potencialmente perigosa.

O Município de Leiria tem tido a preocupação de efetuar um acompanhamento regular às diversas espécies arbóreas do concelho e de avaliar o seu estado fitossanitário”, esclarece, acrescentando que “esse acompanhamento implica que, nalgumas circunstâncias, a Câmara Municipal decida proceder ao abate de algum exemplar, tendo por base a monitorização e respetiva avaliação”.

Quando se verifica a necessidade de proceder a abates, a Câmara Municipal prevê a sua substituição equilibrada, de forma a manter ou aumentar o mesmo número de árvores e assim manter o equilíbrio urbanístico do espaço.

Refira-se que a resistência de uma árvore pode ser alterada por fungos, que dão origem a podridões ao nível das raízes, tronco e ramos, que fragilizam a árvore de tal forma que não há outra solução que não seja o corte.

Como todos os organismos vivos, as árvores não são eternas e, na realidade, em meio urbano as árvores ficam particularmente mais frágeis.

A avaliação do estado fitofarmacêutico das árvores pode ser efetuada através de contacto visual da árvore, onde se verificam os sinais que evidenciam o declínio.

Em 2018, o Município adquiriu equipamento específico – Resistógrafo -, o qual permite efetuar uma “radiografia” ao interior da árvore e assim efetuar uma avaliação mais fidedigna do seu estado.

Não obstante e em circunstâncias adversas, não invalida que exemplares perfeitamente sãos sejam objeto de queda.

A curto prazo, o Município de Leiria prevê realizar ações de plantação na Urbanização de Santa Clara, Urbanização do Sobreiro e Mata dos Marrazes.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por jcaetano
Carregar mais em Política

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja Também

Nazaré reforça ação de promoção em feiras de turismo

Nazaré reforça ação de promoção em feiras de turismo O Município da Nazaré vai reforçar a …