Página Inicial Notícias Política Movimento Cívico pela Defesa do Promontório da Nazaré

Movimento Cívico pela Defesa do Promontório da Nazaré

foto demonstrativa


Nota de Imprensa


Chegou às caixas de correio, em plena quarta-feira de cinzas, a publicidade ao “zipline” por uma empresa que se identifica como “Voa Nazaré”. Esta empresa tem uma página criada no Facebook desde o dia 23 de Janeiro, não se conhecendo nem a empresa nem os responsáveis por detrás desta insensata iniciativa.


Interpelada por deputados municipais e por membros do Movimento Cívico, a Câmara Municipal da Nazaré diz publicamente que a decisão final ainda não está tomada, porque ainda não tinha sido comunicada pelo Júri ao Sr. presidente da CMN o resultado do concurso, para que este pudesse informar a Assembleia Municipal (a 22.2.2019) e assim o Movimento Cívico e a população.


No entanto, “alguém” dá já a decisão como finalizada há muito tempo. Alguém que continua a não dar a cara?
Afinal, a decisão está ou não tomada há muito tempo e o concurso foi apenas para “inglês ver”?
Porque receia o executivo municipal debater publicamente a proposta, que mantém no segredo?


Transformar a Nazaré num parque de diversões não é o caminho do desenvolvimento nem da sustentabilidade.
A comunidade não pode aceitar estes “jogos de bastidores” que, para benefício imediato de “alguém”, irão prejudicar o nosso património, a nossa paisagem, a nossa identidade.


Exigimos conhecer o teor das propostas e resultados do concurso e queremos um debate público, aberto e transparente sobre uma ideia que, a concretizar-se, corre o risco de descaracterizar a Nazaré.
É tempo de darmos viva voz a esta luta!
Junte-se a nós. Partilhe e divulgue esta luta contra o zipline. Luta que é de todos.


Qualquer esclarecimento adicional pode ser obtido enviando pedido nesse sentido para: defesapromontorionazare@gmail.com

o Movimento Cívico pela Defesa do Promontório da Nazaré

Nazaré, 08 de Março de 2019

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por jcaetano
Carregar mais em Política

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja Também

Comunicado do Conselho de Ministros de 13 de junho de 2019

1. O Conselho de Ministros aprovou hoje o decreto-lei que procede à aquisição, por parte d…