Página Inicial Notícias Política Igreja de São Gião será visitável dentro de poucos meses

Igreja de São Gião será visitável dentro de poucos meses

O monumento de arquitetura religiosa, classificado como de interesse nacional, localiza-se na Quinta de São Gião, na EN 242 (troço Nazaré – Famalicão) e está em processo de obras de restauro e consolidação após vários anos a aguardar por uma intervenção de fundo, que evitasse a ruína. Deverá reabrir dentro de meses, equipado com um Centro de Interpretação e uma loja de apoio ao visitante.

Estão executados cerca de 25% da obra de Restauro e Consolidação Estrutural da Igreja de São Gião Igreja de São Gião, localizada na Quinta de São Gião, na freguesia de Famalicão.

Responsáveis autárquicos da Câmara da Nazaré e dos Serviços bem como os coordenadores da obra estiveram, ontem, reunidos, no local, para fazer o ponto de situação desta intervenção, tendo a empresa apresentado os números de realização e os passos já dados para a concretização do procedimento, nomeadamente na aplicação dos materiais, que, devido à antiguidade do monumento e ao estado de conservação encontrado, têm de ser os mais ajustados.

Com um investimento total de 244.954,12 euros, a operação visa possibilitar a visita ao local, com elevado interesse turístico, científico e académico, dentro de poucos meses, estando o modelo de funcionamento futuro pensado para ser semelhante ao do Forte de S. Miguel Arcanjo.

Para o local está aprovada uma loja de apoio aos visitantes e um Centro Interpretativo do Monumento.

Inserida no Eixo 7 do Centro 2020 – “Afirmar a Sustentabilidade dos Territórios”, no objetivo temático “Proteger o Ambiente e Promovera Eficiência dos Recursos”, na prioridade do investimento “A Conservação, Proteção, Promoção e Desenvolvimento do Património Natural e Cultural, a reabilitação do Monumento Nacional”, esta obra está identificada no Pacto para o Desenvolvimento e Coesão Territorial, que faz parte integrante do PEDU da Nazaré, aprovado e contratualizado entre o Município da Nazaré e a Autoridade de Gestão do Programa Operacional Regional do Centro.

A Igreja de São Gião, localizada na Quinta de São Gião, freguesia de Famalicão, é património classificado Monumento de Interesse Nacional (nº2 do art.º 15 da Lei 107/01 de 8 de setembro). Insere-se numa exploração agrícola, adossado a outro edifício mais recente, a cerca de 600 metros do mar, numa língua de terra arável, entre o areal e uma encosta rochosa.

Esta Igreja fica a poente do Casal Mota no sopé da Serra da Pescaria. O acesso ao imóvel é feito por um caminho em terra batida, partindo da zona da Ponte da Barca até à Igreja de São Gião. A distância a percorrer é de 2196.50mts. Ao lado da Igreja, para Poente, fica um conjunto de casas rurais, que integram a chamada Quinta de São Gião.

A preservação e usufruto do edifício pela população e visitantes foram marcadas como prioridades. Foram desenvolvidas várias diligências junto da tutela para travar a elevada degradação das infraestruturas metálicas que cobrem todo o Monumento, cuja função era a permeabilização do edifício das condições climáticas adversas, decorrendo, atualmente, a obra.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por jcaetano
Carregar mais em Política

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja Também

“Juntas médicas” regressam às Caldas da Rainha

A partir do próximo dia 2 de Dezembro, as consultas do Serviço de Verificação de Incapacid…