Página Inicial Notícias Política Covid-19, situação no Concelho de Alcobaça, segundo Paulo Inácio presidente da Câmara Municipal – actualização

Covid-19, situação no Concelho de Alcobaça, segundo Paulo Inácio presidente da Câmara Municipal – actualização

25 de Novembro – 16h15

O concelho de Alcobaça, ao dia de hoje, regista 179 casos ativos de Covid-19, 382 curados e 13 falecidos.

Gostaria desde já de endereçar sentidos pêsames aos familiares e amigos da 13ª vítima da pandemia no concelho de Alcobaça.

21 de Novembro, 15h00

Alcobaça, ao dia de hoje, regista 166 casos ativos de Covid-19, 354 curados e 12 falecidos.

Informam-se os alcobacenses que a partir da próxima semana, o nosso concelho será somente submetido ao confinamento das 23 horas às 5 da manhã.

Igualmente deverá ser comunicado pelo Governo da República, ainda no dia de hoje, limitações para todo o país de circulação entre concelhos para os próximos fins-de-semana.

20 de Novembro, 19h00

Alcobaça, à presente data, regista 151 casos ativos de Covid-19, 354 curados 12 falecimentos.

Aproveito desde já para endereçar sentidos pêsames aos familiares e amigos da 12ª vítima mortal da pandemia no concelho, que infelizmente padecia de problema oncológico.

Desde o início da pandemia (março de 2020), o concelho de Alcobaça regista até ao momento 517 casos confirmados, tendo sido já emitidos 1524 certificados de isolamento profilático (quarentena). Igualmente, foram já realizados mais de uma dezena de milhar de testes de rastreio.

Conforme havia anunciado, hoje realizou-se mais uma reunião da Comissão Municipal de Proteção Civil, na qual estiveram presentes as autoridades locais, a delegada de saúde, as forças de segurança, os presidentes das juntas de freguesia e os respetivos comandantes das quatro corporações de bombeiros do concelho de Alcobaça.

Nesta reunião foi feita uma apurada análise epidemiológica da realidade atual do concelho que se traduz nos números acima descritos e que são suficientemente expressivos da situação preocupante que estamos a atravessar.

Nos próximos tempos, em linha com o crescimento global da pandemia, prevê-se um inevitável confinamento de quase toda a região Oeste.

Porém, posso desde já anunciar que dos testes realizados aos utentes e funcionários da Fundação Maria Oliveira todos deram negativo.

Relativamente ao Lar de Pataias registam-se 3 utentes (um já hospitalizado) e dois colaboradores positivos.

Na Santa Casa da Misericórdia de Alcobaça há a registar 1 utente e 2 funcionários positivos.

Na Centro Paroquial de Turquel há um funcionário infetado, ao passo que no Centro Paroquial da Benedita foram registados 6 colaboradores positivos.

Há ainda a realçar alguma disseminação de casos positivos em alguns meios escolares do concelho, situação à qual estamos ativamente atentos e que foi abordada na Comissão Municipal de Proteção Civil acima referida.

Neste contexto, apela-se uma vez mais à responsabilidade de cada um de nós como agente ativo de saúde pública.

17 de Novembro – 18h00

Alcobaça regista, à presente data, 126 casos ativos de Covid-19, 313 curados e 11 falecidos.

Caros munícipes,

A situação epidemiológica no nosso concelho é deveras preocupante. Nos últimos tempos, temos assistido a um regular e significativo crescimento do número de casos positivos.

Hoje mesmo obtivemos sinalização de ocorrência de casos positivos em utentes de dois lares – o Lar de Pataias e a Fundação Maria de Oliveira – que amanhã serão testados e analisados exaustivamente.

Nos últimos dias, o crescimento da pandemia no concelho tinha vindo a generalizar-se em todo o território com focos comunitários e familiares. Ou seja, já não estava circunscrito às instituições sociais como acontecia no início da pandemia.

Porém, podemos agora estar novamente no início de uma nova propagação em lares.

Apelo por isso a um redobrado esforço de todos os alcobacenses para a sua própria proteção e para a proteção dos nossos familiares.

Diversas medidas urgentes foram hoje mesmo tomadas na Câmara Municipal de Alcobaça e irei uma vez mais convocar de emergência o Conselho Municipal de Proteção Civil.

Estou certo que com o esforço individual de cada um de nós iremos conseguir ultrapassar mais esta dificuldade.

16 de Novembro – 18h00

O concelho de Alcobaça regista, à presente data, 115 casos ativos de Covid-19, 312 curados e 11 falecimentos.

Toda a região do Oeste está a atualmente num ciclo de crescimento significativo dos números da pandemia, aproximando-se de rácios conducentes ao confinamento.

Porém, iremos com toda a responsabilidade continuar esta luta para o bem de todos nós, em particular para os nossos comerciantes.

Oportunamente, irei apresentar um reforço de medidas de apoio complementares às que já foram anunciadas (aqui – https://bit.ly/38vmZxG), e que terão particular atenção ao comércio local.

12 de Novembro – 18h00

Alcobaça tem, ao dia de hoje, 99 casos ativos de Covid-19, 278 curados e 11 falecidos.

Apesar do número de concelhos sujeitos a medidas restritivas em virtude do estado de emergência ter ascendido para 191, o Município de Alcobaça, graças ao esforço de todos nós, continua fora desta listagem.

É decisivo continuarmos a lutar para não sermos submetidos a estas restrições.

Muitos dos nossos conterrâneos, em especial, os comerciantes, necessitam desta ajuda, para poderem trabalhar sem condicionalismos de horários, bem como para nós próprios podermos circular livremente pelo nosso território.

Tudo isto tem sido possível porque temos sido responsáveis e até bafejados pela sorte.

Quero deixar uma palavra de solidariedade para com os concelhos listados que representam a maioria da população portuguesa, sujeita a medidas tão restritivas da sua liberdade.

Hoje são eles, amanhã poderemos ser nós.

Mas vamos à luta!

9 de Novembro – 18h00

À presente data, o concelho regista 96 ativos de Covid-19, 269 curados e 11 falecidos.

Como se pode constatar, o crescimento de casos positivos no nosso concelho tem-se acentuado significativamente nos últimos dias.

Todavia ainda é possível, se todos nos esforçarmos, evitar a entrada na lista dos 121 concelhos que atualmente estão sob um conjunto de restrições decorrentes do estado de emergência.

Hoje tivemos uma notícia extraordinária, de grande alento para todos nós, com o anúncio da vacina.

Merecemos conviver uns com os outros, abraçarmo-nos, festejarmos e viver a vida como ela merece ser vivida. Vale a pena, pois, fazermos mais um esforço neste compasso de espera até vir a vacina que todos desejamos.

Até lá os alcobacenses continuarão a ser resilientes e responsáveis.

7 de Novembro – 23h30

A partir de segunda-feira, a tenda drive thru de rastreio ao Covid-19 entrará em funcionamento na Nova Alcobaça, em frente à Decathlon.

7 de Novembro – 14h00

Alcobaça ao dia de hoje apresenta 84 casos ativos de Covid-19, 268 curados e 11 falecidos.

Apresento os meus pêsames aos familiares e amigos da 11ª vítima da pandemia no concelho, pessoa idosa que estava hospitalizada em Leiria.

Como se pode constatar pelo número de casos ativos bem como dos curados, a média dos últimos dias no concelho de Alcobaça anda na casa da dezena por dia de novos casos.

A manter-se esta média de contágio e se não nos unirmos neste combate, inevitavelmente constaremos na próxima lista de concelhos submetidos a restrições que atualmente abrange 121 municípios.

Nunca é demais referir que nesta fase da pandemia, os focos de contágio são de índole social e familiar e estão generalizados um pouco por todas as freguesias do concelho.

Estamos atualmente a viver um aumento significativo destes casos. Porém ainda acredito que poderemos inverter esta tendência que é também visível em todo o Oeste.

No contexto do apoio à atividade económica, vamos reforçar de imediato a partilha de informação com os pequenos e médios empresários do nosso concelho.

Assim, já no próximo dia 19 de novembro, haverá uma videoconferência promovida pelo município, IEFP e outras entidades, na qual a dra. Célia Roque irá prestar esclarecimentos sobre áreas como estágios e apoios à contratação, incentivos extraordinários à normalização da atividade empresarial entre outros assuntos.

Por minha iniciativa, foram deliberados em sede de reunião de câmara um conjunto de apoios e medidas sociais:

1. Redução do IMI para o mínimo legal (0.3%), acrescido das reduções previstas na lei para o IMI familiar a serem aplicadas em 2021

2. Prolongamento da isenção de pagamento de rendas em espaços municipais até ao final do corrente ano.

3. Acréscimo da devolução do IRS aos munícipes para 1.5%

4. Reforço da implementação das 18 medidas de apoio à família que pode consultar no site do município (https://bit.ly/36fIobw).

Vamos ainda implementar um acréscimo de verbas para o associativismo e para as IPSS em virtude das suas despesas suplementares decorrentes da pandemia.

Serão igualmente propostas e discutidas medidas no âmbito da OesteCIM que serão futuramente apresentadas.

Determinei também a constituição de uma equipa transversal composta por agentes da Proteção Civil Municipal e por técnicos dos serviços de Ação Social camarários que está disponível em total permanência, 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Esta equipa destina-se a dar apoio em exclusivo para as autoridades, em situações de socorro ou emergência junto de centenas de pessoas e famílias do concelho que se encontram confinadas.

4 de Novembro – 20h00

Alcobaça ao dia de hoje regista 63 casos ativos de Covid-19, 255 curados e 10 falecimentos. Apresento desde já as minhas mais sinceras condolências aos familiares e próximos da 10ª vítima da pandemia no concelho.

Como se pode constatar, temos vindo consumar uma tendência de subida do número de casos no nosso território. Tal resulta também de um aumento significativo do número de testes realizados, nomeadamente na tenda drive-thru.

Na semana passada realizaram-se, só na tenda drive-thru, cerca de um milhar de testes, número que repetir-se-á seguramente esta semana.

Quero igualmente comunicar que o Município de Alcobaça vai contratualizar, no âmbito da OesteCIM, uma reserva importante de testes rápidos para alvos específicos da sua população, de modo a acautelarmos a eventual omissão ou incapacidade do Serviço Nacional de Saúde de realizar a despistagem e a testagem necessárias.

Sabemos bem que estes números locais são consequência do agravamento generalizado a nível nacional e internacional. Porém, no que ao concelho diz respeito, está nas mãos dos alcobacenses contribuir para que os números sejam outros.

Muitas das nossas rotinas habituais, nomeadamente os ajuntamentos e convívios podem constituir verdadeiros focos de contágio. Temos de saber virar esta página.

1 de Novembro – 13h45

À presente data, Alcobaça regista 44 ativos de Covid-19, 251 curados e 9 falecidos.

Apresento os meus mais sinceros sentimentos à família da nona vítima mortal desta pandemia no nosso concelho, que padecia igualmente de um problema oncológico.

Como é do conhecimento público, por agora não constamos da lista produzida pelo Governo da República dos 121 concelhos que serão submetidos a algumas restrições.

Todavia, quero desde já associar-me solidariamente com todos estes municípios e comunicar a todos os alcobacenses que a nossa conduta tem de continuar a ser muito responsável e exemplar.

Os números deste fim-de-semana são de um crescimento significativo tendo já a certeza que amanhã ultrapassaremos largamente os 50 casos ativos.

Perante este crescimento visível, também nós devemo-nos auto-submeter a um maior dever cívico de recolhimento e, dentro do possível, consumir dentro do concelho, ajudando deste modo os nossos comerciantes e a nossa economia.

Tudo isto pode e deve ser feito de forma responsável respeitando as recomendações em vigor: distanciamento social, uso obrigatório de máscara e higienização regular das mãos.

O meu agradecimento às autoridades de saúde, às autoridades policiais e uma palavra para toda a Proteção Civil pelo imenso trabalho realizado, muitas vezes invisível, mas decisivo e com o qual todos nos devemos envolver, para salvaguarda do Serviço Nacional de Sáude.

30 de Outubro – 17:30

O concelho de Alcobaça, ao dia de hoje, apresenta 39 casos ativos de Covid-19, 239 curados e 8 falecidos.

Conforme anunciado anteriormente, a deslocalização da tenda drive-thru para a Nova Alcobaça está em plena execução e será instalada na avenida paralela à estação de serviço em frente ao supermercado Pingo Doce.

A partir de 2ª feira, o Centro de Saúde de Alcobaça será reforçado com um novo médico para auxílio às autoridades de saúde local, concretamente da sra. dra. Delegada de Saúde.

O novo médico será um reforço importante em matéria de saúde pública e análise epidemiológica.

O Município de Alcobaça já diligenciou esforços logísticos para a sua integração no concelho pelo menos até final do corrente ano.

Igualmente na 2ª feira, entrará em funcionamento o Centro de Saúde de Coz, após termos concluído as infraestruturas necessárias para o atual contexto de pandemia.

27 de Outubro – 21:35

Alcobaça apresenta ao dia de hoje 33 casos ativos de Covid-19, 238 curados e 8 falecidos.

Hoje, uma equipa especial da GNR efetuou uma ação de desinfeção no Centro Cénico da Cela bem como no Centro Escolar da Cela.

Nos próximos dias, a tenda de drive thru, localizada junto ao Pavilhão Municipal, deverá ser deslocalizado para a Nova Alcobaça.

Quero também deixar bem claro que em caso de necessidade e por solicitação das autoridades de saúde ou da segurança social, será reinstalado o hospital de campanha no Pavilhão Municipal, com cerca de 40 camas, em menos de 12 horas.

Esta infraestrutura, como é do conhecimento geral, está devidamente analisada, estudada e pré-preparada para o efeito.

15 de Outubro – 18:00

O concelho de Alcobaça ao dia de hoje regista 40 casos positivos de Covid-19, 206 curados e 8 falecidos.

Em breve comunicarei medidas e ações que estão em preparação para serem implementadas no âmbito do combate à pandemia a que todos estamos submetidos.

14 de Outubro – 18:00

Reuni esta tarde com os presidentes de junta de freguesia e com a Dra. Ana Pisco, diretora executiva do Agrupamento de Centros de Saúde Oeste-Norte, para a elaboração de um cronograma de vacinação da gripe sazonal para munícipes com mais de 65 anos.

Estes utentes deverão contactar a sua junta de freguesia de forma a articular o agendamento e o local para o qual deverão dirigir-se para receber a sua vacina da gripe sazonal, sem incorrer do risco de ajuntamento nos centros de saúde.

Agora que estamos prestes a entrar novamente no Estado de Calamidade, esta medida torna-se ainda mais necessária para mitigar os riscos de contágio da Covid-19, agravando deste modo os números locais e nacionais.

Apelo uma vez mais ao sentido de responsabilidade coletiva de todos nós.

10 de Outubro – 13:00

À presente data, o concelho de Alcobaça regista 44 casos ativos de Covid-19, 195 curados e 8 falecidos.

Como se pode constatar, nos últimos dias, e à luz do que acontece a nível nacional, os nossos números têm aumentado paulatinamente.

Porém, desta vez, este incidente não se deve a nenhum foco institucional ou de outra índole. Trata-se essencialmente de focos generalizados por todo concelho de origem familiar o que torna o controlo da propagação mais difícil para todos nós.

Os números nacionais são igualmente preocupantes, e o Serviço Nacional de Saúde terá mais dificuldades de responder a todas as adversidades. Por isso mesmo, recomendo vivamente a todos os munícipes e transeuntes o uso generalizado de máscara também na via pública.

Quero sobretudo apelar ao espírito de solidariedade e resiliência do povo alcobacense. Superar esta fase difícil é algo que depende da nossa conduta. Mais do que nunca, e para defesa de nós próprios e da nossa economia, a nossa responsabilidade coletiva é decisiva para enfrentarmos esta segunda vaga.

Vamos a isto!

06 de Outubro – 17:00

Informo que, ao dia de hoje, registam-se 33 casos positivos de Covid-19, 189 curados e 7 falecidos no concelho de Alcobaça

17 de setembro – 16:02

Ao dia de hoje, Alcobaça apresenta 29 casos ativos de Covid-19, 162 curados e 7 falecimentos.

Gostaria de endereçar sinceros sentimentos aos familiares e amigos da mais recente vítima mortal por Covid-19 no concelho de Alcobaça.

14 de setembro – 20:03

O concelho de Alcobaça apresenta, ao dia de hoje, 26 ativos de Covid-19, 162 curados e 6 falecidos.

Conforme previsto na resolução do Conselho de Ministros, cabe aos Presidentes de Câmara decidir sobre o horário a adotar para os estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços, a partir de amanhã, 15 de setembro.

A respetiva resolução previa a possibilidade de abertura às 10h00 e encerramento entre as 20h00 e as 23h00.

No entanto, informo que determinei por despacho a abertura dos estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços do concelho de Alcobaça durante o horário compreendido entre as 09h00 as 23h00.

Aplicam-se ainda, a determinados setores, as exceções previstas na referida resolução que poderá consultar aqui – https://dre.pt/home/-/dre/142601170/details/maximized

Com esta amplitude de horário, pretendo dar uma maior possibilidade de funcionamento ao comércio, um setor muito afetado por esta pandemia.

Porém, importa frisar que este horário está dependente da evolução da pandemia no nosso concelho, a qual irei monitorizar em permanência com as autoridades policiais e de saúde.

Quero ainda partilhar o meu desejo, para o qual muito temos trabalhado juntamente com as autoridades, de um extraordinário ano letivo para as nossas crianças e jovens, na certeza do total empenhamento do pessoal auxiliar e do corpo docente.

11 de setembro – 12:09

Ao dia de hoje contabilizam-se no concelho de Alcobaça, 24 casos positivos de Covid-19, 162 casos de recuperação e 6 falecimentos.

Relativamente ao Lar Residencial de Évora de Alcobaça, e para sossego de todos nós, informo que todos os utentes foram já testados com resultado negativo. Aos 4 funcionários e 2 familiares que acusaram positivo, uma palavra de força, estímulo e consideração.

Já não restam dúvidas que infelizmente a 2ª vaga está a chegar ao nosso país, numa época particularmente difícil que coincide com o início do ano letivo e o aproximar do período Outono-Inverno.

Em breve irei comunicar as decisões que me competem decorrentes do plano de contingência nacional que irá entrar em vigor a partir do próximo dia 15 de setembro, depois de ouvidas as autoridades de saúde local.

Apelo, como sempre, à responsabilidade individual e coletiva de cada um de nós, a qual está intimamente relacionada com o regular funcionamento das instituições, das empresas e da vida económica no seu todo.

Recordo que várias empresas já foram afetadas e impedidas de laborar devido a atos individuais de terceiros. Consequentemente, no concelho de Alcobaça, estiveram já em confinamento mais de 800 pessoas o que é um número a ter em conta.

No entanto, os alcobacenses são um povo resiliente e sempre souberam ultrapassar todas as adversidades. Tenho plena confiança que iremos virar mais esta página de crescimento de casos a nível nacional.

5 de setembro – 12:39

Informo que o concelho de Alcobaça, à presente data, regista 15 casos ativos de Covid-19, 159 curados e 6 falecidos.

Apesar da situação de alerta a norte do rio Tejo, bem como o crescimento significativo de casos em todo país, o concelho de Alcobaça apresenta neste momento números que se podem considerar sob controlo.

Todavia nunca são demais os avisos para mantermos o nosso sentido de responsabilidade e de alerta, em particular nesta fase de preparação para o início do ano letivo.

Setembro será um mês importante.

Como se pode verificar nestas fotografias, iniciámos uma significativa limpeza do rio Alcoa e estamos em plena execução da Avenida Prof. Eng. Joaquim Vieira Natividade.

Quando esta estiver concluída marcará de forma indelével a paisagem de uma das principais entradas na cidade. Esta obra marca também o início do projeto de Mobilidade Suave Alcobaça-Nazaré.

Estamos prestes a concluir a requalificação da Avenida Rainha Santa Isabel, em Pataias, ansiada há décadas pelo norte do concelho.

Já iniciámos a remoção do amianto do mercado de Alfeizerão e posterior requalificação do seu telhado.

Estando já concluídos os alcatroamentos das estradas da Serra dos Mangues, do Ardido, da Azambujeira, entre outras, será ainda este mês concluída a Estrada do Casal Velho/Casal Pardo. Igualmente ao longo de setembro, irá arrancar um vasto plano de alcatroamentos já anunciado anteriormente.

Também em setembro será remetido para visto do Tribunal de Contas a ALEB e o Pavilhão Multiusos, sendo expetável o início destas duas obras ainda durante o corrente ano civil.

28-08-20 – 19h33

Informo que o concelho de Alcobaça regista, até ao momento, 17 casos ativos de Covid-19, 148 curados e 6 falecidos.

Hoje realizámos mais uma Comissão Municipal de Proteção Civil, na qual foi analisada a situação epidemiológica do concelho.

Foi partilhada informação preciosa, por mim e pelas autoridades presentes, aos senhores Presidentes de Junta de Freguesia.

Os números atuais resultam efetivamente da dedicação de todos nós, que tornou possível o controlo do foco ao qual fomos submetidos nas últimas semanas.

Este controlo revelou-se essencial para não pôr em causa toda uma comunidade, agora que se aproxima a abertura do novo ano letivo.

A todos os que contribuíram para este sucesso, o meu profundo agradecimento.

Fica também bem claro que temos de continuar atentos para que não ocorram novos descuidos inaceitáveis.

Ao longo destes últimos meses, o trabalho tem sido ciclópico em várias frentes. Até à presente data, e apenas e só na tenda drive thru, já efetuamos mais de 2100 teses. Já estiveram, também, em confinamento e isolamento mais de 700 pessoas.

Estes números são ilustrativos do trabalho não percetível pelas populações, mas merecedor do nosso aplauso a todas as entidades envolvidas.

21-08-20 – 15h00

Alcobaça ao dia de hoje apresenta 43 positivos de Covid-19, 118 curados e 6 falecidos.

O mais recente foco de contágio anteriormente comunicado e relacionado com um convívio particular de caráter religioso/social de uma determinada comunidade, originou um pico de 53 casos positivos.

Volvidos alguns dias, e tendo em conta o atual registo de 43 casos positivos, existem sinais que deveremos estar em fase de controlo e de recuperação desse foco de contágio.

Fica desde já bem claro que qualquer descuido ou negligência relativamente às normas exaustivamente comunicadas pela DGS, poderá ter grandes impactos em toda uma comunidade, com consequências diretas nas empresas e em terceiros que nada tiveram a ver com o facto.

Este foco teve e tem particular incidência em Alcobaça e Vestiaria e em Aljubarrota, freguesias de maior prevalência desta comunidade, sendo que, no resto do concelho, os casos positivos são praticamente residuais.

Deste modo, convoquei a Comissão Municipal de Proteção Civil para o próximo dia 28 de agosto, a fim de se fazer uma análise a toda esta situação.

Informa-se igualmente que, hoje mesmo, foi detetado um caso positivo nos bombeiros de Pataias o que determinou o isolamento e quarentena de 11 colegas que contactaram diretamente com este caso.

Toda a corporação será rastreada com testes no início da próxima semana, conforme determinação da Autoridade Local de Saúde, de modo a passarem alguns dias de incubação, eliminando assim o risco de ocorrência de falsos negativos.

A corporação de bombeiros de Pataias estará serviços mínimos, nomeadamente emergências, até à realização integral da despistagem.

As corporações vizinhas já estão sinalizadas desta ocorrência para a substituir nas suas tarefas normais e correntes fora do quartel.

Assim, existem razões para acreditarmos que o foco das últimas semanas poderá e deverá reduzir-se nos próximos dias. Porém continuaremos sempre atentos a novas situações.

Acrescento ainda que, nos últimos dias, efetuaram-se centenas de testes no concelho de Alcobaça.

15-08-20 – 15h00

Alcobaça, ao dia de hoje, apresenta 43 casos ativos de Covid-19, 107 curados e 6 falecidos.

Nas duas últimas semanas, temos vindo a assistir a um crescimento significativo da Covid-19 no nosso concelho.

Esse crescimento deve-se, quase em exclusividade, a práticas inaceitáveis e de desrespeito por todas as recomendações sanitárias em vigor, nomeadamente por parte de grupos de convívio particulares, sem o distanciamento social e proteção devidos.

Tais práticas, quando efetuadas por dezenas de pessoas, tornam muito difícil a análise epidemiológica e o rastreio dos contactos com terceiros.

Todavia, a situação está a ser controlada graças ao trabalho extraordinário das autoridades, nomeadamente as policiais, na vigilância e identificação, as quais poderão e deverão ter consequências.

Neste contexto, enquanto responsável máximo da Proteção Civil Municipal, irei convocar com urgência a Comissão Municipal de Proteção Civil.

Apelo mais uma vez à responsabilidade coletiva de todos nós.

11-08-20 – 17h00

À data de hoje, o concelho de Alcobaça regista 38 casos ativos de Covid-19, 101 curados e 6 falecidos.

Perante este crescimento, nos últimos dias, do número de casos positivos, apelo uma vez mais, e de forma incessante, à responsabilidade coletiva que todos temos no combate a esta pandemia sem tréguas.

Está por demais demonstrado que a evolução desta pandemia depende claramente do comportamento social das comunidades.

07-08-20 – 21h20

O concelho de Alcobaça, à presente data, regista 27 casos positivos de covid-19, 100 curados e 6 falecidos.

Faço um apelo veemente aos munícipes para o cumprimento das recomendações da Direção-Geral da Saúde e para a responsabilidade individual que todos temos para com a nossa comunidade.

O Município de Alcobaça e as autoridades continuarão atentos e vigilantes relativamente a várias práticas incorretas lesivas à saúde pública.

Recordo também que o Serviço Municipal de Proteção Civil está disponível, como sempre, para qualquer auxílio às empresas que o solicitem.

A nossa articulação com as autoridades locais de saúde é total na defesa da saúde pública de todos nós.

02-08-20 – 22h00

Informa-se que, à presente data, o concelho de Alcobaça regista 15 casos ativos de Covid-19, 100 casos de recuperação e 6 falecimentos.

29-07-20

Alcobaça ao dia de hoje apresenta 18 casos ativos de Covid-19, 89 curados e 5 falecidos.

Hoje, em sede de reunião de Câmara, foi apresentado ao executivo o relatório preliminar que fizemos com o Politécnico de Leiria acerca da estratégia de mobilidade urbana a implementar na cidade de Alcobaça.

Para além da eliminação das barreiras arquitetónicas, o Município de Alcobaça pretende implementar um vasto programa, a ser apresentado publicamente durante o mês de setembro, de criação de ciclovias, alterações na sinalização horizontal (passadeiras), novas estratégias de circuitos rodoviários, reforço da política de transportes urbanos (ex: Chita) entre outras.

Quero destacar também a criação de, pelo menos, duas novas rotundas: uma nos semáforos de Chiqueda e outra junto ao Lidl.

A rotunda de Chiqueda assume uma grande relevância na consolidação e ampliação da malha urbana da cidade e será o ponto de partida para a requalificação da entrada nascente-ponte de Alcobaça, vinda de Aljubarrota.

Esta requalificação reveste-se de particular importância, precisamente por estarmos a requalificar a entrada oposta, de poente para nascente, na Avenida Prof. Eng. Joaquim Vieira Natividade.

A entrada pela estrada N8 Caldas-Alcobaça está também a ser pensada e planeada.

A requalificação das entradas na cidade é uma medida de enobrecimento da sua malha urbana que potencia o seu crescimento social, económico e demográfico.

22-07-20 19h10

Esta tarde realizámos, no Auditório da Biblioteca Municipal, uma sessão de esclarecimento, destinada aos empresários da agricultura do concelho, a propósito das medidas de segurança a adotar no contexto da pandemia do Covid-19, durante a época da apanha agrícola que se avizinha.

Saúdo a boa adesão a esta sessão que mostra claramente o sentido de responsabilidade dos empresários deste setor absolutamente vital para economia do concelho, bem como a colaboração manifestada pelas autoridades presentes.

A Câmara Municipal de Alcobaça tem sido desde sempre um parceiro das empresas e das instituições, na articulação com as autoridades de saúde, para desbloquear a resolução de problemas e necessidades emergentes neste período.

21-07-20 17h00

Apraz-me registar uma assinalável descida do número de casos positivos de Covid-19 no concelho de Alcobaça que, ao dia de hoje, se cifra nos 21. Registam-se ainda 85 casos de recuperação e 5 falecimentos.

Trata-se de uma redução muito positiva, consequente da não existência de novos focos de contágio nas últimas semanas.

No entanto, o cenário não nos permite descansar. Temos de continuar atentos e vigilantes em virtude da época que estamos a atravessar.

Do mesmo modo, temos de nos preparar para os meses de outono e inverno para os quais muitos especialistas apontam para o risco de uma 2ª vaga da pandemia.

Por ora, a situação permanece estabilizada.

Igualmente digno de registo são os números que dão conta da balança comercial positiva do concelho de Alcobaça no período entre março e maio de 2020.

Apesar da redução conjuntural do volume de exportações que se regista a nível nacional, o concelho de Alcobaça continua a ser o terceiro maior do distrito de Leiria neste capítulo, de acordo com dados oficiais do Instituto Nacional de Estatística, publicados na semana passada no semanário Região de Leiria.

Destaco também os dados mais recentes relativos aos movimentos na rede Multibanco que mostram que, no Oeste, apenas Caldas da Rainha e Alcobaça registam uma subida do número de compras efetuadas.

No nosso caso, a variação positiva entre Junho de 2019 e Junho de 2020 é de 17,5%. Estes dados constituem indicadores de medição da atividade no comércio e serviços. (fonte: Gazeta das Caldas).

Deixo ainda um link para o “Guia Prático de Mitigação dos Efeitos do Covid-19 nas Empresas”, um documento de grande utilidade, produzido pela OesteCIM, com o contributo e solicitação por parte da Câmara Municipal de Alcobaça, no âmbito do programa Oeste + Empresas.

Este guia contém um conjunto de medidas de apoio às empresas da região, nomeadamente a nível do acesso a financiamento comunitário, moratórias bancárias, obrigações fiscais, linhas de crédito, medidas relativas a IPSS e entidades equiparadas, entre muitos outros instrumentos.

Clique aqui;

É importante referir que, apesar destes números positivos, a realidade é também feita de pessoas e famílias que estão a passar por muitas dificuldades.

Neste sentido, faço um apelo a todas as instituições e cidadãos do concelho para se socorrerem dos serviços de apoio social da Câmara Municipal que estão expressamente mandatados para atender situações de carência extrema.

17-07-20 – 21h00

Alcobaça, à presente data, regista 38 casos ativos, 68 curados e 5 falecidos.

Faço um apelo público para que, em virtude das altas temperaturas que se registam atualmente, as pessoas de provecta idade (e não só) procurem resguardar-se nas suas casas ou em outros locais abrigados, durante as horas de maior calor.

Todos somos agentes ativos de proteção civil no que concerne à vigilância de práticas menos corretas que possam induzir com grande facilidade a incêndios, tendo em conta o calor extremo.

Esta é uma responsabilidade de todos nós.

13-07-20 21h00

Alcobaça apresenta ao dia de hoje 40 casos ativos, 66 curados e 5 falecimentos.

07-07-20 20h30

Alcobaça ao dia de hoje regista 42 casos ativos, 64 curados e 5 falecidos.

04-07-20 21h00

Ao dia de hoje, Alcobaça apresenta 44 casos ativos, 62 curados e 5 falecidos.

Conforme se pode constatar, a nossa evolução recente tem sido positiva, apesar de infelizmente a nossa região (outros concelhos) estar a viver atualmente o ressurgimento de algumas situações preocupantes.

Por isso mesmo, continuamos, como sempre, vigilantes e ativos.

Apela-se cada vez mais ao sentido de responsabilidade individual, para continuarmos a obter resultados satisfatórios.

02-07-20 18h00

À presente data, o concelho de Alcobaça regista 53 casos ativos, 52 curados e 5 falecidos.

Face a situações pontuais que ocorreram recentemente, as autoridades de saúde têm efetuado, em articulação com a Câmara Municipal de Alcobaça, todas as diligências no rastreio de possíveis contágios entre colegas profissionais ou com terceiros.

O que felizmente se tem verificado é que não tem havido contágios dessa índole, embora estejamos ainda à espera de diversos resultados. Daí que Alcobaça, neste momento, apresenta os números supra-referidos.

Expurgada a situação específica da Santa Casa da Misericórdia da Aljubarrota, os números positivos relevam que, por ora, a situação está estabilizada no concelho.

Na próxima 3ª feira, os 12 Presidentes de Câmara da OesteCIM irão reunir com a sra. Ministra da Agricultura, com vista à preparação e efetivação da apanha da fruta que se aproxima.

Trata-se de uma tarefa muito importante em que todos os autarcas do Oeste estão unidos e sincronizados nas suas preocupações. Seremos reivindicativos com a sra. Ministra.

26-06-20 17h30

À presente data, Alcobaça regista 57 casos ativos, 46 curados e 5 falecimentos.

Informo ainda que todos os utentes do Serviço de Apoio Domiciliário da Santa Casa da Misericórdia de Aljubarrota acusaram negativo nos testes efetuados esta semana.

23.06-20 – 21.30

Alcobaça, à presente data, regista 55 ativos, 45 curados e 5 falecidos.

Destes 5 falecimentos, importa referir que os dois últimos dizem respeito à Santa Casa da Misericórdia de Aljubarrota. Aos seus familiares e próximos, apresento novamente os meus mais sinceros sentimentos.

Associadas a estes falecimentos estão outras patologias e lesões cuja gravidade determinou inevitavelmente a morte.

Dou como exemplo o terceiro óbito registado no concelho: uma utente do Serviço de Apoio Domiciliário (SAD) da Santa Casa da Misericórdia de Alfeizerão, que infelizmente sofreu uma queda e consequente traumatismo craniano. Tendo esta utente previamente acusado positivo, a Direção-Geral da Saúde considera estes casos como falecimentos por Covid-19.

Mais se informa que hoje se concluiu o rastreio aos utentes do SAD da Santa Casa da Misericórdia de Aljubarrota. Os 44 testes realizados até ao momento deram todos negativo. Amanhã serão conhecidos os resultados dos últimos testes hoje efetuados.

Tudo nos leva a concluir que felizmente, e apesar das lamentáveis mortes, não se registou um contágio significativo no seio da comunidade, para além dos 11 trabalhadores da instituição e de 4 familiares atualmente em quarentena (nota: destes 4 familiares apenas 2 são do concelho de Alcobaça).

Efetivamente, todo o concelho de Alcobaça regista até hoje 55 casos ativos. Se subtrairmos a situação vivida na Santa Casa da Misericórdia de Aljubarrota, o resto do concelho não chega às duas dezenas de casos. Existem inclusive diversas freguesias sem nenhum caso ativo neste momento.

Portanto, devemos continuar a ter atitudes responsáveis, mantendo o distanciamento social, e utilizando meios de proteção individual (máscaras, luvas, higienização regular das mãos, etc) para nos mantermos numa situação favorável e controlada.

Apelo igualmente para o redobrar dos esforços por parte das IPSS a fim de evitarmos a todo custo outras situações similares.

21.06-20 – 12.00

Infelizmente, informo que um dos utentes dos seis internados da Santa Casa da Misericórdia Aljubarrota faleceu. Apresento os meus mais sinceros pêsames à sua família.

Mais se informa que temos neste momento 5 utentes desta instituição e mais dois dos nossos concidadãos internados no Hospital de Leira.

Ao dia de hoje, Alcobaça regista 57 casos ativos, 44 curados 4 falecimentos.

18-06-20. 20.10

Alcobaça, ao dia de hoje, regista 62 casos ativos, 38 curados e 2 falecimentos.

Infelizmente, estes números, já de si bastante significativos, agravar-se-ão amanhã dados os reportes que hoje mesmo surgiram relativamente a novos casos positivos.

Igualmente, fizemos hoje 7 testes a funcionários da Serviço de Apoio Domiciliário da Santa Casa da Misericórdia de Alfeizerão, em virtude de uma utente desse serviço ter sido internada no Hospital Santa Maria por ter acusado positivo.

A situação vivida na Santa Casa da Misericórdia de Aljubarrota, e não só, vai carecer de um acompanhamento e de uma análise epidemiológica rigorosa e permanente durante várias semanas, nomeadamente, através de entrevistas pelas autoridades de Saúde aos trabalhadores, aos seus familiares e aos contactos sociais e naturais que estes tiveram com terceiros nos últimos dias.

É exigível também o rastreamento dos utentes do Serviço de Apoio Domiciliário desta instituição, assim como de outras. A Câmara Municipal de Alcobaça está atenta a estas situações e reivindicativa junto das autoridades de saúde.

18-06-20. 12.00

Há 42 infetados no Lar da Misericórdia de Aljubarrota

Há 42 infetados no surto que surgiu no Lar da Misericórdia de Aljubarrota, sendo que 29 são utentes, 10 são prestadores de cuidados e 3 são familiares de outros tantos funcionário. Todos os casos estão a ser acompanhados pela coordenação da Saúde Pública do Agrupamento de Centros de Saúde ((ACES) do Oeste Norte.

Os dados foram esta quarta-feira apresentados em conferência de imprensa, onde estiveram presentes o presidente da Câmara Municipal de Alcobaça, Paulo Inácio, o Coordenador de Saúde Pública do ACES Oeste Norte, Jorge Nunes, a diretora do Centro Distrital de Leiria da Segurança Social, Elisabete de Jesus Moita, e o presidente da Junta de Freguesia de Aljubarrota, José Lourenço Severino.

A Estrutura Residencial para Idosos (ERPI) da instituição de Aljubarrota acolhe um total de 35 utentes e apenas seis não foram contagiados com o SARS-CoV-2, sendo que 5 deles continuam no Lar, mas isolados dos Covid positivos num piso diferente.

Há três idosos que estão hospitalizados, um dos quais sem covid-19, uma vez que se trata de uma idosa está a recuperar, há cerca de um mês, de uma cirurgia. Os utentes que acusaram positivo e que permanecem no Santo André, em Leiria, foram internados, na sexta-feira, com outras patologias, tendo-se descoberto, já em meio hospitalar, que também eram doentes covid.

Quanto aos prestadores de cuidados, a Misericórdia Dom Nuno, em Aljubarrota, são ao todo 75, sendo que 20 deles estão afetos à ERPI. Os 11 que acusaram positivo estão em casa, em isolamento profilático, assim como os respetivos familiares.

De acordo com Jorge Nunes, a principal preocupação são os idosos e o seu bem-estar, apesar de sublinhar as “excelentes condições” que tem a Misericórdia de Aljubarrota.

Já Elisabete Moita garantiu que os trabalhadores que continuam a prestar cuidados no lar de Aljubarrota vão ter equipamentos de proteção individual (EPI) completos e funcionarão através de equipas espelho, compostas por 10 a 12 prestadores de cuidados e com horários mais alargados, de forma a minimizar as entradas e saídas da instituição.

A diretora do Centro Distrital de Leiria da Segurança Social assegurou também que vão ser realizados testes aos cerca de 70 utentes do serviço de apoio domiciliário da Misericórdia de Aljubarrota.

Paulo Inácio referiu que é importante esclarecer a população do concelho de Alcobaça sobre este foco “preocupante” em Aljubarrota e apelou a todo os “concidadãos” para serem mais responsáveis nas atitudes e comportamentos sociais, pois o número de casos confirmados de covid-19 tem vindo a subir quase diariamente desde o início da terceira fase de desconfinamento, ocorrida a 1 de junho.

Pedro Nuno

16-06-20. 18.00

Covid-19, situação no Concelho de Alcobaça, segundo Paulo Inácio presidente da Câmara Municipal

Infelizmente, uma verdadeira catástrofe ocorreu na Santa Casa de Misericórdia de Aljubarrota.

Neste momento, já se pode afirmar que dos 35 utentes do lar desta instituição, 29 acusaram positivo nos testes ao Covid-19.

Encontram-se já encerradas as suas unidades de creche e de pré-escolar.

Durante esta madrugada, iremos aguardar os resultados de testes a 53 funcionários, sendo que em 9 já testados, 6 deram positivo.

Amanhã de manhã, uma equipa da GNR irá fazer uma descontaminação integral das instalações.

Continuamos em reunião permanente com as autoridades de saúde e a Segurança Social, e novas medidas e ações serão tomadas.

Dada a gravidade da situação, apela-se à população que reforce os seus cuidados de proteção pessoal e de distanciamento social.

Juntos iremos trabalhar incessantemente com a nossa querida população de Aljubarrota para ultrapassar este momento difícil. Um abraço de grande solidariedade para os aljubarrotenses.

15-06-20 16h00

Os números relativos ao Covid-19 no concelho de Alcobaça apresentam, ao dia de hoje, 27 casos ativos, 37 curados e 2 falecimentos.

Infelizmente surgiu recentemente um novo foco de infeção numa IPSS do concelho, a Santa Casa da Misericórdia de Aljubarrota.

Hoje mesmo estará concluído o rastreio integral de todos os funcionários e utentes desta instituição.

Esta manhã, efetuei uma reunião com o coordenador regional de Saúde, a Segurança Social, o CODIS de Leiria e outros elementos de proteção civil. Além da organização em tempo record dos testes aos funcionários e utentes da referida IPSS, fez-se um levantamento de diversas situações inerentes e uma análise ao plano de contingência da instituição.

Determinei igualmente uma reunião, para a próxima 6ª feira, com os presidentes de Junta das freguesias com atividade agrícola, para organizarmos uma ação preparatória e conducente à apanha da fruta.

Nesta reunião, terei oportunidade de expor a estratégia e a reflexão que tenho sobre este assunto às restantes entidades presentes, nomeadamente a Saúde e a Segurança Social.

Este é efetivamente um assunto de máxima importância para todo o Oeste, cuja resolução deve envolver todas as autoridades e entidades responsáveis, sob pena de tudo correr mal.

Deixo ainda um alerta sobre os constantes relatos que nos têm chegado nos últimos dias (ainda que não oficialmente confirmados) de situações de incumprimento de quarentenas ordenadas. A confirmarem-se, estas situações são verdadeiramente inaceitáveis, das quais decorrem responsabilidades legais.

13-06-20 16h00

Alcobaça, ao dia de hoje, regista 20 casos ativos, 37 curados e dois falecimentos.

Como se pode verificar, tem-se assistido nos últimos dias a um aumento expressivo em todo o Oeste.

Estamos bem conscientes da importância da atividade económica e do desconfinamento para as nossas vidas, mas pela frente temos agora três grandes desafios: a mobilidade laboral das nossas empresas com a grande Lisboa, a época balnear e a apanha sazonal da fruta. Se não formos eficazes, a pandemia chegará nova e inevitavelmente aos grupos mais afetados pela doença: os idosos e os utentes de lares.

Assim sendo, no contexto de uma cidadania responsável, é exigível que, em caso de sintomatologia e consequente quarentena, esta seja escrupulosamente respeitada sem violação do necessário isolamento.

As nossas empresas, agrícolas e outras, quando partem para a contratação de pessoal sazonal, têm de ter a responsabilidade social de despistar esses trabalhadores e de lhes dar condições dignas de habitabilidade e de salubridade.

A Câmara irá estar muito vigilante nessa matéria, em conjunto com as outras entidades responsáveis, com o objetivo de garantir as melhores condições para a realização da apanha da fruta.

Durante a época balnear, iremos colaborar com a APA e com a Capitânia do Porto da Nazaré, através da contratação de assistentes de praia cujas instruções e recomendações deverão ser respeitadas por todos veraneantes.

Todos temos o direito de nos divertir e de trabalhar. Todavia, o usufruto desses mesmos direitos está agora cada vez mais dependente do nosso sentido de responsabilidade coletiva.

O futuro também depende de nós.

Alcobaça tem neste momento 16 casos ativos, 37 curados e 2 falecidos.

Este crescimento significativo, conforme eu já tinha diversas vezes alertado, deve-se à situação preocupante vivida na zona de Lisboa e Vale-do-Tejo.

Faço um apelo veemente aos trabalhadores do concelho que por motivos profissionais tiveram de se deslocar a esta região: se sentirem sintomas ou se estão à espera de resultados, estando em quarentena, devem manter-se isolados sem receber visitas de familiares, sob o risco de os contagiarem.

Estas situações verificaram-se nos últimos tempos, levando a este aumento.

Estamos vigilantes e atentos a outros possíveis focos, na sequência das diligências efetuadas nos últimos dias no concelho, e estamos a aguardar os resultados de testes.

Estes são tempos de verdadeiro carrossel porque também estamos na expetativa de saber os resultados de vários testes que confirmam situações de cura.

Para finalizar, a Câmara Municipal de Alcobaça e a DGS estarão vigilantes e preocupadas com a apanha sazonal e com a época balnear.

09-06-20 21h00

Alcobaça tem neste momento 16 casos ativos, 37 curados e 2 falecidos.

Este crescimento significativo, conforme eu já tinha diversas vezes alertado, deve-se à situação preocupante vivida na zona de Lisboa e Vale-do-Tejo.

Faço um apelo veemente aos trabalhadores do concelho que por motivos profissionais tiveram de se deslocar a esta região: se sentirem sintomas ou se estão à espera de resultados, estando em quarentena, devem manter-se isolados sem receber visitas de familiares, sob o risco de os contagiarem.

Estas situações verificaram-se nos últimos tempos, levando a este aumento.

Estamos vigilantes e atentos a outros possíveis focos, na sequência das diligências efetuadas nos últimos dias no concelho, e estamos a aguardar os resultados de testes.

Estes são tempos de verdadeiro carrossel porque também estamos na expetativa de saber os resultados de vários testes que confirmam situações de cura.

Para finalizar, a Câmara Municipal de Alcobaça e a DGS estarão vigilantes e preocupadas com a apanha sazonal e com a época balnear.

05-06-20 20h00

Ao dia de hoje, Alcobaça apresenta 9 casos ativos, 36 curados e 2 falecidos.

Conforme havia anteriormente partilhado convosco, as minhas preocupações estão a confirmar-se. A segunda vaga latente na grande área metropolitana de Lisboa tem tendência a alastrar-se para a nossa região do Oeste.

Estes 3 novos casos recentes dizem essencialmente respeito a trabalhadores das nossas empresas que foram prestar serviços de construção civil ou de outra índole a Lisboa.

Os nossos trabalhadores e as nossas empresas têm de ter o máximo de cuidado nas suas deslocações para a zona de Lisboa e Vale-do-Tejo, nomeadamente a nível do uso de meios de proteção individual (viseiras, mascaras e luvas) e cumprir o distanciamento social.

Ontem e hoje efetuámos uma ação, em conjunto com as autoridades locais de saúde, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras e com a GNR, em três empresas onde laboram trabalhadores agrícolas estrangeiros e sazonais oriundos de India, Nepal entre outros países.

Efetuámos também uma vistoria a três lares ilegais do concelho, tudo na perspetiva da prevenção e de uma eventual deteção de possíveis focos de Covid-19.

Faço aqui um apelo e um alerta: com o início da época balnear, devemos estar ainda mais atentos, cautelosos e integralmente cumpridores das recomendações da Direção-Geral da Saúde.

O crescimento de uma eventual segunda vaga de Covid-19 ainda pode ser evitado se tomarmos todos as devidas providências e cautelas.

Teremos que continuar a trabalhar para termos uma economia com viabilidade, mas não podemos por em causa todo o trabalho que fizemos até agora.

PS: Desconheço infelizmente quais as motivações envolvidas na divulgação da informação que anda a circular nos meios de comunicação de que a época balnear no concelho de Alcobaça começa a 4 de julho.

Conforme foi divulgado no passado dia 21 de maio em comunicado do Município, a época balnear no concelho começa a 13 de junho em São Martinho do Porto e Paredes da Vitória.

A data de 4 de julho diz respeito às praias de Pedra do Ouro, Légua, Polvoeira e Água de Madeiros, sendo que duas delas (Polvoeira e Água de Madeiros) não são concessionadas.

O modo como a informação está a ser veiculada dá a entender claramente que Alcobaça é um dos municípios que mais tarde irá abrir a sua época balnear quando isso é liminarmente falso.

Somos dos primeiros concelhos do País a abrir a época balnear, repito, no próximo dia 13 de junho, em São Martinho do Porto e Paredes da Vitória, praias que ostentam os galardões Bandeira Azul e Praia Acessível.

02-06-20 21h00

Informo que, ao dia de hoje, Alcobaça regista 6 casos ativos, 34 curados e 2 falecimentos.

30-05-20 15h00

Alcobaça ao dia de hoje regista 7 casos ativos, 33 curados e dois falecidos.

Na próxima segunda-feira, 1 de junho, celebra-se o Dia Mundial da Criança. Por força da pandemia, não vai ser possível assinalarmos esta tão importante data com eventos e atividades como vinha sendo hábito.

Em alternativa, vamos ter a transmissão em direto via internet da peça de teatro “O Príncipe Nabo”, uma iniciativa da Rede Intermunicipal de Bibliotecas do Oeste (RIBO) à qual as famílias poderão assistir quer através da página da Rede quer a partir da página da OesteCIM – saiba mais aqui – https://bit.ly/3gGgutU

Quero também desde já deixar um apelo às famílias para que façam todos os esforços no próximo dia 1 para fazerem as suas crianças felizes, porque é o dia delas. Vivemos num contexto difícil que privou as crianças de muita coisa importante na sua formação e crescimento o que é uma verdadeira injustiça.

Por último, quero ainda anunciar que no próximo dia 9 de junho, pelas 18h00, será inaugurada a obra de requalificação da Casa da Vila da Benedita, onde passará a funcionar a Junta de Freguesia e o Espaço do Cidadão.

29-05-20

Alcobaça, ao dia de hoje, mantém os mesmos 6 casos ativos, 33 curados e dois falecidos.

Na semana passada iniciámos um processo de levantamento das condições de habitabilidade e de salubridade da comunidade estrangeira que trabalha sazonalmente na nossa agricultura.

Este processo, levado a cabo em parceria com o ACT, IEFP, SEF, Proteção Civil e autoridades policiais, terá mais desenvolvimentos a partir da reunião preparatória a realizar na próxima semana.

O próprio Governo começa a dar sinais de que este trabalho que estamos a implementar deverá ser alargado a todo o território nacional, nomeadamente, na agricultura.

Não quero deixar de manifestar a minha preocupação relativamente à crescente prevalência do Covid-19 na região de Lisboa e Vale-do-Tejo o que naturalmente poderá implicar um possível alastramento da doença para o Oeste, aquando da abertura da época balnear.

A esse respeito, ainda existem muitos equívocos normativos sobretudo a nível de fiscalização, monitorização e, em última instância, identificação clara de quem manda nesta área das praias. Esta indefinição pode ser muito perigosa.

Sobre este assunto, também na próxima semana haverá uma reunião da Comissão Distrital de Proteção Civil (CODIS-Leiria) com a Agência Portuguesa do Ambiente.

Hoje, entre muitas outras matérias, deliberámos em sede de reunião de câmara o programa de atribuição de verbas às 13 Juntas de Freguesia do concelho de Alcobaça para aquisição de kits de material de proteção individual (máscaras e álcool gel) destinados a todos os munícipes do concelho de Alcobaça. A sua distribuição estará a cargo das nossas Juntas de Freguesia.

26-05-20 16h15

Os números relativos ao Covid-19 no concelho de Alcobaça não registaram nenhuma evolução desde a última atualização. Ou seja, estamos com 6 casos ativos, 32 curados e dois falecimentos.

Na próxima reunião de câmara, conforme havia sido determinado pela OesteCIM, vamos deliberar a proibição de eventos culturais, desportivos e recreativos até ao próximo dia 30 de setembro. O Município de Alcobaça poderá manter algumas iniciativas online e assinalar, nos timings próprios, as devidas homenagens ao nosso santo padroeiro, a Nuno Álvares Pereira entre outras figuras importantes ligadas ao nosso concelho.

Esta medida será, como disse, alargada a todo o Oeste em linha com as determinações governamentais em vigor.

Trata-se de um momento efetivamente penoso quer para os artistas quer para as populações, mas deverá servir como um período de preparação para projetos de índole ambiental e projetos culturais que respeitem os novos paradigmas. Estas e outras realidades foram hoje mesmo preparadas em reunião com a equipa municipal da Cultura e com a Sra. Vereadora responsável pelo respetivo pelouro.

Apesar de por vezes não parecer, ainda vivemos num tempo de incerteza, com novos focos de contágio a surgirem na nossa região, nomeadamente, na zona de Lisboa e Vale-do-Tejo.

Agora que se aproxima o desafio da reabertura da época balnear, faço um apelo ao bom senso dos alcobacenses e de quem nos visita. Independentemente da importância das medidas de segurança que serão implementadas em articulação com as autoridades, é essencial que todos tenhamos a consciência dos riscos que ainda corremos, respeitando as regras de distanciamento social e de higiene determinadas pela Direção-Geral da Saúde.

21-05-20 17h30

Ao dia de hoje, o concelho de Alcobaça regista 6 casos ativos, 32 curados e dois falecimentos. Dos 6 casos ativos, apenas dois se encontram em contexto hospitalar sendo que um destes já se encontrava hospitalizado antes do início da Pandemia de Covid-19.

Informo ainda que os testes efetuados aos funcionários de IPSS no passado dia 8 de maio tiveram resultados integralmente negativos. Felizmente, estes funcionários podem ficar descansados.

Sublinhe-se que neste momento está concluído todo o processo de rastreio integral dos funcionários das IPSS e das creches do concelho de Alcobaça.

Entretanto, foram já entregues tablets com internet a alunos identificados pelos agrupamentos de escolas do concelho. Uma medida de apoio ao acompanhamento de aulas à distância que dá continuidade à nossa política de conceção de igualdade de oportunidades às nossas crianças.

17-05-20 – 16h00

Alcobaça, ao dia de hoje, regista 8 casos ativos, 30 curados e 2 falecidos. Deixo às respetivas famílias dos 2 falecidos os nossos sentimentos.

Aos 8 casos ainda ativos, um abraço de coragem para brevemente constarem na lista dos curados. Por estes, gostaria de expressar o meu eterno agradecimento ao pessoal médico, enfermeiros, assistentes operacionais, às senhoras da higienização e limpeza que são fundamentais, às autoridades e à Proteção Civil como um todo.

Tenho a certeza que todos continuarão a fazer o seu trabalho em prol de todos nós. Para eles o meu eterno obrigado pelos riscos diários que têm corrido.

A partir de amanhã, novos setores de atividade abrirão as suas portas. Vamos todos, enquanto consumidores, ajudá-los também a vencer estes tempos históricos de dificuldade.

Juntos venceremos!

15-05-20 15h00

O concelho de Alcobaça regista neste momento 11 casos ativos, 28 curados e 2 falecimentos.

Informo que todos os funcionários das creches e lares do concelho serão integralmente rastreados até ao próximo dia 19 de maio. Nesta data, serão testados os funcionários das últimas instituições:

Santa Casa da Misericórdia de Vimeiro

Centro Bem-Estar Social de Montes

Centro Bem-Estar Social da Maiorga

Centro de Bem-Estar Social de Coz

Centro Social e Paroquial de Turquel

Centro Social Paroquial do Bárrio

Associação de Solidariedade Social do Acipreste

Associação de Bem-Estar e Tempos Livres da Martingança

Associação de Solidariedade Social do Arieiro

Infelizmente, o laboratório responsável pelos testes efetuados no dia 8 de maio ainda não entregou os resultados, o que é de lamentar. Estamos a fazer todos os esforços possíveis para resolver esta questão.

A Câmara Municipal de Alcobaça está também realizar todas as diligências para que se possa alargar os testes a outras entidades igualmente merecedoras deste rastreio.

12-05-20 15h30

Alcobaça regista, ao dia de hoje, 10 casos ativos, 27 curados e um falecimento.

Conforme havia sido anunciado anteriormente, todos os funcionários das IPSS do concelho estarão integralmente rastreados até ao próximo dia 15 de maio.

Informa-se ainda que entre amanhã e quinta-feira, serão testados na tenda drive thru, instalada no MercoAlcobaça, os funcionários das creches do concelho, nomeadamente:

– Centro de Bem-Estar Social da Maiorga

– Centro Cénico e de Bem-Estar Social de Cela

– Centro de Assistência Paroquial de Pataias

– Centro de Bem-estar Infantil

– Centro Paroquial de Assistência Nossa Senhora D’Ajuda

– Centro Social e Paroquial de Turquel

– Centro Social Paroquial de Alfeizerão

– Centro Social Paroquial de Benedita

– Centro Social Paroquial do Bárrio

– Fundação Manuel Francisco Clérigo

– Fundação Maria e Oliveira

– Fundação Vida Nova

– Jardim-Escola João de Deus

– Santa Casa Da Misericórdia de Aljubarrota

– Santa Casa Da Misericórdia de Vimeiro

11-05-20 17h10

Informo que neste momento Alcobaça regista 9 casos ativos, 28 curados e um falecimento. Quero também informar que estamos a aguardar os resultados dos testes efetuados aos funcionários das IPSS rastreadas nos dias 6 e 8 de maio.

Os mesmos deverão aguardar serenamente pelos resultados na certeza de que tudo irá correr bem. Assim que houver mais novidades, os funcionários serão os primeiros a tomar conhecimento.

Mais se informa que nos dias 13 e 15 de maio serão realizados cerca de 200 testes a mais funcionários das instituições sociais do concelho.

No dia 13 serão rastreados a Associação de Bem Estar e Ocupação de Tempos Livres de Pataias, a Santa Casa de Misericórdia de Alfeizerão e o Centro Social Paroquial de Alfeizerão.

No dia 15 de maio será a vez do Centro Cénico e de Bem-Estar Social da Cela, Fundação Manuel Francisco Clérigo e Santa Casa da Misericórdia do Vimeiro.

Os testes serão realizados no nosso “hospital de campanha”, instalado no Pavilhão Gimnodesportivo de Alcobaça, numa parceria entre a Câmara Municipal de Alcobaça, Segurança Social, ACES Oeste-Norte e Faculdade de Farmácia de Lisboa.

09-05-20 13h00

INFORMAÇÃO

Ao dia de hoje registam-se no concelho de Alcobaça 12 casos ativos, 26 curados e um falecimento.

Quero deixar aqui um abraço de solidariedade a um amigo, assim como a todos os ativos e a todos os curados.

Quero ainda dar uma palavra de estímulo e alento à família da menina desaparecida na Atouguia da Baleia e aos nossos bravos bombeiros de São Martinho do Porto que estão a colaborar nas buscas. Para eles, uma palavra de força e determinação.

08-05-20 16h45

Relativamente ao panorama do Covid-19 no concelho, registam-se ao dia de hoje 17 casos ativos, 21 curados e um falecimento.

Estamos em velocidade cruzeiro na realização de testes aos funcionários dos lares e IPSS do concelho de Alcobaça. Hoje mesmo, no nosso “hospital de campanha”, realizámos mais de 100 testes aos funcionários do CEERIA, Lar D’Aldeia e Solar de Cister.

No próximo dia 13 de maio, está previsto o rastreio dos funcionários do Centro de Bem Estar Social de Pataias, Santa Casa de Misericórdia de Alfeizerão e Centro Social Paroquial de Alfeizerão.

Nestes referidos dias, a Câmara de Alcobaça, a Segurança Social e a Autoridade de Saúde Local analisaram os planos de contingência destas instituições juntamente com as suas respetivas direções. Estas estão, por sua vez, devidamente informadas que o hospital de campanha é uma infraestrutura de retaguarda referenciada para resolver alguma eventualidade nas respetivas instalações dos lares.

A este ritmo superaremos certamente, até ao dia 13 de maio, a marca do meio milhar de testes realizados. Este processo de rastreio irá abranger todas as nossas instituições de solidariedade social e estará concluído previsivelmente antes do final do corrente mês.

Mais se informa também que na próxima semana serão entregues tablets (com três meses de internet incluídos) a estudantes referenciados pelos agrupamentos escolares que não têm acesso a meios informáticos para acompanhamento do ensino à distância.

07-05-20 – 14h30

INFORMAÇÃO

Ao dia de hoje, o concelho de Alcobaça regista 16 casos ativos de Covid-19, 21 curados e um falecimento.

06-05-20 – 11h0

Para além dos cuidados recomendados pela Direção-Geral de Saúde, nomeadamente a nível do distanciamento social, deixo-vos algumas ligações para um conjunto de Guias de Boas Práticas produzidos pelas organizações representativas dos diversos setores de atividade comercial.

Guia de Boas Práticas do setor de Cabeleireiros e Estética – https://bit.ly/2YPVGJZ

Guia de Boas Práticas para o Setor Automóvel – https://bit.ly/3b5NBDb

Guia de Boas Práticas para Ópticas – https://bit.ly/2W7ZdRR

Guia de Boas Práticas para Comércio e Serviços – https://bit.ly/35IsXrS

Boas notícias. Apraz-me registar mais 4 casos de recuperação no concelho de Alcobaça. Assim sendo estamos com 19 ativos, 18 recuperados e um falecimento (apesar de neste falecimento não haver confirmação direta com o Covid-19, é diretiva atual da DGS contabilizar sempre estes casos como casos de Covid-19).

05-05-20 18h00

O concelho de Alcobaça regista até ao momento 23 casos ativos de Covid-19, 14 casos de recuperação (curados) e um falecimento.

Informo desde já que o rastreio integral dos funcionários das IPSS mencionadas na minha comunicação anterior (Solar de Cister, Lar D’Aldeia e CEERIA), inicialmente agendado para 11 de maio, foi antecipado para 8 de maio, na próxima sexta-feira.

Até ao momento todos os testes realizados aos funcionários das instituições de solidariedade social do concelho estão a decorrer normalmente, não se registando até ao momento nenhum caso positivo. Felicito as instituições por esse facto, na esperança que assim continue.

Como forma de acelerar este processo de despistagem dos funcionares das IPSS e lares do concelho, a Câmara Municipal está em estreita articulação com a Segurança Social, ACES Oeste Norte, Instituto Politécnico de Leiria e a Faculdade de Farmácia de Lisboa. Estas sinergias são muito importantes para realizarmos os testes de forma mais rápida.

Estamos a trabalhar no processo de generalização do uso de máscaras a todos os munícipes do concelho. Estou bem consciente do acréscimo dos custos financeiros que a aquisição de material de proteção individual implica para as famílias. Tudo faremos para que possamos entregar um kit a cada munícipe entre o final deste mês e o princípio do próximo.

Na área da educação estamos também a finalizar o processo de aquisição de tablets com três meses de Internet incluídos, para possibilitar o acesso ao ensino à distância. Deste modo garantimos o cumprimento de um princípio do qual nunca abdicaremos: a criação de igualdade de oportunidades às nossas crianças.

Informo também que, hoje mesmo, o Exército Português esteve presente nas respetivas sedes dos Agrupamentos de Escolas de Cister e de São Martinho do Porto para dar formação aos funcionários escolares sobre metodologias de desinfeção, utilização de produtos higienizantes, uso adequado de fatos de proteção EPI’s, entre outras indicações de segurança importantes.

O Exercito manifestou igualmente a sua disponibilidade para higienização dos espaços escolares em caso de infeção.

Relembro ainda que está em vigor desde o dia hoje, 5 de maio, a Linha de Atendimento às Famílias e Empresas da Região Oeste. Saiba mais aqui – https://bit.ly/2SB7Wtx

Mosteiro de Cós segundo Paulo Inácio presidente da Câmara Municipal

Finalmente, conseguimos aquilo pelo qual tanto lutámos ao longos dos últimos anos: a publicação em Diário da República da consulta pública sobre a elevação do Mosteiro de Santa Maria de Coz.

Consulte este link para a página de Internet da Direção-Geral do Património Cultural onde consta a referida publicação – https://bit.ly/3bUBzxI

Alcobaça vai formalmente ficar com o seu património mais rico e daqui surgirão novas oportunidades.

Alcobaça tem registados neste momento 23 casos de Covid-19 ativos, 13 curados e um falecimento. Temos sido, até à presente data, dos concelhos que mais têm rastreado a sua população. E assim irá continuaremos com grande determinação.

Neste contexto, comunico que no próximo dia 6 de maio todos os funcionários da Santa Casa da Misericórdia da Benedita (quer da sua ERPI quer do SAD) serão testados, bem como os do Lar Nossa Senhora do Vimeiro. No próximo dia 11 de maio, será a vez dos funcionários do Solar de Cister, do Lar D’Aldeia e do CEERIA.

Continuaremos vigilantes e atuantes nos espaços públicos e exigentes na realização de testes, seja nas próprias instituições, seja no drive thru, seja no hospital de campanha.

Até ao final do corrente mês, todos os funcionários das IPSS e lares do concelho de Alcobaça terão sido integralmente rastreados.

Aproveito para desejar a todos um Feliz Dia da Mãe. Um cumprimento muito especial a todas as mães alcobacenses.

01-05-20 – 12h30

O Município de Alcobaça contratualizou no âmbito da OesteCIM uma linha de atendimento para apoio a empresas e famílias.

Essa linha funcionará a partir do dia 5 de maio entre as 09h00 e as 18h00. Do outro lado da linha estará a consultora Deloitte para responder às questões.

A crise provocada pelo COVID-19 está a ter fortes repercussões no tecido económico e na sociedade, com diversos setores em shut-down total ou parcial.

A urgência na procura de respostas adequadas e em tempo útil que permitam aos empresários da Região Oeste assegurar a continuidade de negócio e ajudar na sua recuperação levou a OesteCIM e os 12 Municípios do Oeste a criar uma Linha de Apoio às Micro, Pequenas e Médias Empresas do Oeste – Oeste +Empresas, suportada por um Gabinete de Apoio Especializado.

O Projeto Oeste +Empresas tem por objetivo apoiar as empresas na tomada de decisão e implementação de medidas de resposta ao COVID-19. O Gabinete de Apoio terá uma vocação de apoio empresarial e, com o apoio da consultora Deloitte, irá disponibilizar informação prática ao nível das obrigações fiscais, incentivos, direito do trabalho, contabilidade, créditos, operações, entre outras matérias.

À semelhança do impacto no setor económico, também as famílias da Região Oeste poderão sentir dificuldades acrescidas e necessitar de suporte, nomeadamente de respostas relativamente aos desafios com que são confrontadas num contexto COVID-19.

Para tal, a OesteCIM decidiu criar uma Linha de Apoio às famílias – Oeste +Famílias. Esta linha destina-se a famílias em situação de dificuldade e pretende disponibilizar informação prática ao nível de moratórias, segurança social, direito do trabalho, direitos do consumidor, entre outras matérias.

Linha de Atendimento a Famílias e Empresas: 800 100 231

30-04-20 – 21h00

Covid-19, situação no Concelho de Alcobaça, segundo Paulo Inácio presidente da Câmara Municipal – actualização

À presente data, temos no concelho de Alcobaça 34 casos positivos confirmados de Covid-19, dos quais 25 são ativos 8 são curados.

Anteriormente comunicou-se o registo de 35 casos, sendo que um deles revelou ser um falso caso que escapou e conseguiu enganar o sistema de contabilização do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Deste modo, o número oficial de casos positivos de Covid-19 registados ao dia de hoje no concelho de Alcobaça cifra-se nos 34, dos quais 25 são ativos e 8 são curados.

Até ao momento, foram já testados várias centenas de cidadãos alcobacenses.

Na tenda drive thru que instalámos no MercoAlcobaça, foram realizados até agora 586 testes. No hospital de campanha foram testados, desde segunda-feira, cerca de 90 funcionários das IPSS e lares do concelho, os quais felizmente acusaram todos negativo. Todos estes testes estão a ser realizados em estreita colaboração com a Segurança Social, a Autoridade de Saúde Local e o ACES Oeste-Norte.

Acrescem a estes números outras largas centenas de testes prescritos pelo SNS aos cidadãos alcobacenses, realizados em hospitais e outras unidades de saúde, o que fará certamente ascender esta contabilização para a casa dos milhares. Estes números serão reforçados nas próximas semanas e meses.

Informa-se também que relativamente aos centros de saúde do concelho, haverá ainda durante o dia de hoje novas informações e orientações de funcionamento veiculadas pelo ACES Oeste-Norte para serem implementadas na próxima 2ª feira.

Conforme havia anunciado, realizou-se ontem a reunião da Comissão Municipal de Proteção Civil com intuito de partilhar informação e determinar a constituição de ações inspetivas junto da comunidade estrangeira que trabalha sazonalmente na agricultura do concelho, com o objetivo de avaliar as suas condições de habitabilidade e salubridade.

Estas ações inspetivas serão realizadas pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras em parceria com a Proteção Civil Municipal, a Autoridade Saúde Local e as autoridades policiais, e serão programadas dentro de muito em breve.

Durante esta reunião fez-se igualmente o ponto da situação atual relativamente ao desemprego no concelho.

28-04-2020 – 15h00

Ao dia de hoje registam-se formalmente, no concelho de Alcobaça, 35 casos positivos de Covid-19, dos quais 27 são ativos e 7 estão curados.

Após a realização de testes aos funcionários da Santa Casa da Misericórdia de Alcobaça, informo que os funcionários da Fundação Maria e Oliveira e dos lares privados de Frazões (Turquel) e Goucharia (Benedita) efetuaram hoje os seus respetivos testes no hospital de campanha instalado no Pavilhão Gimnodesportivo Municipal de Alcobaça.

Trata-se de um rastreio integral a todos os funcionários dos lares do concelho que irá decorrer certamente durante todo o mês de maio. Desta forma, a Segurança Social, a Autoridade de Saúde Local e a Câmara Municipal de Alcobaça, além de assegurarem a justa e devida proteção a tão nobres funcionários, também protege os utentes, dado que, no caso de algum funcionário acusar positivo, far-se-á inevitavelmente o rastreio aos utentes do respetivo lar.

O hospital de campanha está, deste modo, a ser utilizado para a efetivação destes testes estando, conforme publicado anteriormente, homologado pela Segurança Social e Autoridade de Saúde Local. Esta unidade de apoio está disponível para acolher utentes infetados caso as respetivas IPSS não tenham possibilidades de os manter nas suas instalações.

Para o dia de amanhã está convocada a Comissão Municipal de Proteção Civil com vista à partilha de inúmeras informações e à análise do ponto da situação. A reunião terá também, como ponto de ordem específico, o levantamento das condições de habitabilidade e salubridade dos cidadãos estrangeiros que sazonalmente trabalham na agricultura do concelho.

Estará presente nesta Comissão, além das autoridades que a compõem, o Instituto de Emprego e Formação Profissional e a Autoridade para as Condições do Trabalho.

24-04-2020

Segundo Paulo Inácio, presidente da Câmara Municipal de Alcobaça, confirma-se formalmente que, desde o início da pandemia, registam-se no concelho de Alcobaça 31 casos positivos de Covid-19, nos quais se incluem 25 casos ativos, 5 casos de recuperação (curados) e um falecimento no qual ainda não está comprovada uma relação direta com o novo coronavírus. Aos seus familiares e amigos.

Continua o nosso trabalho, de vigilancia e permanente articulação com diversas entidades.

21 de abril 18:27

Covid-19, situação no Concelho de Alcobaça, segundo Paulo Inácio presidente da Câmara Municipal

1. Informa-se que dos 105 testes efetuados aos funcionários do Modelo Continente de Alcobaça, 2 deram resultado positivo e 4 deram inconclusivo, que serão novamente testados.

2. Informa-se também que atualmente o concelho de Alcobaça regista 28 casos positivos e 4 casos de recuperação.

3. No dia 20 de Abril, pelas 18h00, efetuei juntamente com o Dr. Jorge Nunes, coordenador de saúde do ACES Oeste Norte, uma vistoria às instalações do referido estabelecimento comercial que contou com a presença do seu diretor. Foram sinalizadas pelo Dr. Jorge Nunes, melhorias e recomendações de funcionamento que o estabelecimento deveria de imediato adotar.

4. Comunicámos como sendo de extrema importância a implementação de uma vigilância ativa, por parte dos responsáveis do Modelo Continente, junto dos seus trabalhadores.

5. Foi determinado pela Autoridade de Saúde a suspensão do encerramento temporário do estabelecimento tendo sido, porém, considerado imprescindível que todos os trabalhadores que se encontravam ao serviço aquando o aparecimento dos casos positivos de Covid-19, sejam mantidos no seu domicílio até que seja autorizada por esta Autoridade de Saúde o retomar da atividade normal de trabalho. Resulta assim uma equipa de trabalhadores completamente nova para a reabertura do estabelecimento.

6. Todos os trabalhadores que irão integrar a partir de amanhã as atividades deste estabelecimento, terão que ser submetidos a uma avaliação do seu estado de saúde por parte do Serviço de Saúde Ocupacional da empresa, tendo sido inclusive recomendado um reforço na formação dos mesmos.

7. Constatou-se que o referido estabelecimento já tinha procedido, através de empresa credenciada, a uma desinfeção integral do espaço interior e exterior.

8. Acordadas estas medidas e aceites pela diretora do Serviço de Saúde Ocupacional da empresa, foi autorizada pela Autoridade de Saúde a reabertura e retoma da atividade comercial do Modelo Continente de Alcobaça, a partir de amanhã.

9. Enquanto responsável máximo pela Proteção Civil Municipal, determinei que todas as grandes superfícies comerciais do concelho remetessem os respetivos planos de contingência para o Serviço Municipal de Proteção Civil.

10. A Câmara Municipal de Alcobaça, em articulação com a Segurança Social, está a preparar, com partilha de custos, o rastreio integral, com realização de testes de Covid-19 a todos os funcionários dos lares e IPSS do concelho. Este rastreio será alargado aos utentes destas instituições no caso de haver alguma sintomatologia e no caso de algum funcionário acusar positivo.

11. Determinei a abertura do procedimento de contratação com vista à oferta, por parte do Município, de uma máscara social reutilizável e lavável a cada munícipe do concelho de Alcobaça, cumprindo, deste modo, a generalização do seu uso recomendado pela Direção-Geral de Saúde.

  1. Convoquei para o dia 29 de abril a Comissão Municipal de Proteção Civil para fazer um ponto de situação do Covid-19 no concelho, com especial incidência à análise das condições de habitabilidade e salubridade da comunidade estrangeira que reside e trabalha sazonalmente na agricultura do concelho. Para esta reunião foram convocadas, para além das autoridades, o Instituto de Emprego e Formação Profissional e a Autoridade para as Condições do Trabalho
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por jcaetano
Carregar mais em Política

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja Também

Auto de consignação da Empreitada de Restruturação dos Esporões do rio Alcoa – Nazaré com investimento de 2.8M de euros

A Câmara Municipal da Nazaré recebeu a Agência Portuguesa do Ambiente e a empresa adjudica…