Página Inicial Notícias Política Comemorações dos 800 anos da Confirmação do Foral da Lourinhã arrancam no dia 25 de abril

Comemorações dos 800 anos da Confirmação do Foral da Lourinhã arrancam no dia 25 de abril

O Município da Lourinhã promove uma ampla agenda comemorativa dos 800 anos da Confirmação do Foral da Lourinhã, que tem início no dia 25 de abril, prolongando-se até ao final do ano. Diversificado e para todos os públicos, o programa evocativo celebra a importância do Foral, enquanto documento “fundador” da Lourinhã como território e comunidade.

 

A primeira ação em agenda corresponde, precisamente, à apresentação da programa, e vai ter lugar em pleno dia da revolução dos cravos, às 14h30, no auditório do Centro Cultural Dr. Afonso Rodrigues Pereira. Segue-se a inauguração, às 15h30, da nova exposição “ O Foral”, que vai ficar patente no Sítio na Rua (início da rua João Luís de Moura e em frente ao Museu da Lourinhã), situando a doação das terras da Lourinhã a D. Jordão por D. Afonso Henriques e a Confirmação do Foral em 1218.

 

Para todos os públicos, o programa enquadra ainda recriações históricas e concertos medievais, palestras, teatro, workshops. passeios, caminhadas, e exposições, entre tantas outras iniciativas.

A agenda evoca, desta forma, a importância da outorga do Foral a uma terra e aos seus moradores, o que que , na maioria das vezes, constituía a confirmação da sua existência e o alicerce da constituição do concelho enquanto organização. A partir do conhecimento e do estudo de um Foral “reconstrói-se o passado – origens, usos e costumes dos seus habitantes – descobrindo-se aspetos da génese da população e da matriz económica, social e cultural do território, alguns mantendo-se evidentes ainda no presente”.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por jcaetano
Carregar mais em Política

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja Também

Castelo de Porto de Mós encerra para obras de beneficiação

O Castelo de Porto de Mós encontra-se encerrado para obras de conservação e valorização, n…