Página Inicial Notícias Política CDU acusa Câmara de falta de critérios

CDU acusa Câmara de falta de critérios

 

 

 

A CDU voltou a acusar a maioria que governa a Câmara Municipal (PSD) de não ter critérios na distribuição de verbas às Juntas de Freguesia e Associações.

 

De acordo com Rogério Raimundo “não há qualquer critério”, dando como exemplo o facto de “muitas vezes, a entidade recebe a totalidade da verba que pede, noutros 50% e noutros ainda uma pequena percentagem do solicitado”.

 

“Há muitos anos que lutamos pela existência de critérios”, disse Rogério Raimundo, acrescentando que, por exemplo, no caso das IPSS, a Câmara deveria apoiar uma obra “em 10%. Pode não ser satisfatório. Mas é um critério. Tudo para que todos sejam tratados por igual”, refere o vereador da CDU.

 

Para Paulo Inácio “os apoios são feitos em reunião de Câmara e os senhores vereadores têm-nos votado”. “Temos critérios para o desporto e para cultura, mas também nos surgem situações de emergência, como intempéries, que causam estragos avultados em equipamentos de associações, ou para algumas iniciativas de carácter cultural, mas tudo é feito de forma transparente e em sede de reunião de Câmara, órgão que aprova esses apoios”, disse ainda o autarca.

 

Para Paulo Inácio, que admite rever e melhorar os critérios, “o melhor critério é a participação dos vereadores na decisão”.

.

.

.Cister fm

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por jcaetano
Carregar mais em Política

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja Também

CDU em acções de pré-campanha no Concelho de Alcobaça

Defender o meio ambiente, a agricultura e o desenvolvimento sustentável A CDU realizou ont…