Página Inicial Notícias Política Bandeira Azul hasteada em São Martinho do Porto e Paredes da Vitória

Bandeira Azul hasteada em São Martinho do Porto e Paredes da Vitória


Foram hasteadas, na segunda-feira, 9 de julho, Bandeira Azul e a Bandeira Praia Acessível – Praia Para Todos nas praias de São Martinho do Porto e Paredes da Vitória. Ambas as praias têm vindo a ser regularmente distinguidas quer pelas entidades certificadoras, quer pelos meios de comunicação especializados em turismo, demonstrando a qualidade natural e paisagística da costa marítima do concelho de Alcobaça.

“Estes são os galardões nacionais para as praias mais importantes que reforçam o posicionamento de Alcobaça como destino turístico de excelência quer no contexto da zona oeste quer a nível nacional. São praias preparadas para acolher as famílias com conforto e segurança e onde se podem praticar desportos vários como o surf ou o paddle. Estamos a trabalhar para reforçar a oferta turística e desportiva nestas praias que têm um enorme potencial”, afirmou o Presidente da Câmara Municipal de Alcobaça Paulo Inácio.

Este investimento na qualidade tem-se estendido a toda orla costeira do concelho. Recorde-se que já este ano as praias de Água de Madeiros, Légua, Pedra do Ouro e Polvoeira receberam novamente o galardão “Qualidade de Ouro” atribuído pela Quercus.

A Bandeira Azul da Europa é um certificado de qualidade ambiental que distingue o esforço de diversas entidades no sentido da melhoria do ambiente marinho, costeiro, fluvial e lacustre. O Programa Bandeira Azul exige que as praias candidatas ao galardão sejam identificadas e que apresentem excelente qualidade da água. A Bandeira Azul é atribuída durante uma época balnear mediante a verificação de algumas condições e requisitos mínimos. Os

critérios agrupam-se em 3 grandes grupos: Qualidade da Água, Informação e Educação Ambiental, Gestão Ambiental e Equipamentos e Serviços de Apoio.

Por sua vez, o galardão da Praia Acessível – Praia para Todos visa promover o cumprimento da legislação sobre acessibilidade. Pretende-se que as praias de Paredes de Vitória e São Martinho do Porto continuem a assegurar as condições de acessibilidade que viabilizem a sua utilização e fruição, com equidade, dignidade, segurança, conforto e a maior autonomia possível, por todas as pessoas, independentemente da sua idade, eventuais dificuldades de locomoção ou outras incapacidades que condicionem a sua mobilidade.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por jcaetano
Carregar mais em Política

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja Também

Opinião de Octávio Serrano – Zâmbia um país neocolonizado pela China