Página Inicial Notícias Desporto Ivan Domingues entra na elite das World Series Karting

Ivan Domingues entra na elite das World Series Karting

Piloto de Leiria garante em Itália acesso à Final perante 82 adversários

Apenas na sua quarta prova a competir na exigente categoria internacional OK-Júnior – instituída pela CIK-FIA que regulamenta o Karting mundial –, Ivan Domingues, na quarta e última jornada da World Series Karting (WSK) Super Master, conseguiu qualificar-se para a Final. O piloto de Leiria colocou assim as cores portuguesas entre a elite mundial, algo que não sucedia desde 2011, ano em que Francisco Abreu também representou o nosso país ao mais alto nível, no que diz respeito às mediáticas competições da CIK-FIA.

A preparação da conquista de um título mundial ou europeu da CIK-KIA – assim como a procura de uma classificação de relevo que desperte o interesse de quem aposta nas jovens promessas do Karting para as colocar na ribalta do automobilismo internacional – começa, há mais de uma década, através das World Series Karting (WSK), que têm diferentes competições, iniciando, habitualmente, a primeira no final de janeiro, com a Super Master Series.

Ivan Domingues, aos comandos de um kart equipado com chassis Croc promotion e motor TM, com a assistência técnica do português Bruno Lisboa, estreou-se este ano na categoria OK-Júnior, depois de em 2018 ter alinhado na Mini 60cc, na qual o trabalho foi árduo, mas compensador. No passado fim de semana, na quarta e última prova das WSK Super Master Series, disputada no Circuito Internacional de Nápoles, em Itália, o piloto de Leiria, de apenas 13 anos de idade, conseguiu o feito de qualificar-se para a Final reservada aos primeiros 34 classificados, após várias mangas de qualificação onde participaram 82 pilotos! Um feito de assinalar para um ‘rookie’, numa prova em que venceu o russo Artem Severiukhin. “Os treinos cronometrados não correram bem, mas o Ivan, apesar de largar quase sempre da 27.ª posição nas mangas de qualificação, conseguiu o apuramento para a Pré-Final. Nesta, com uma grelha de 34 pilotos, era preciso que o Ivan terminasse entre os 17 primeiros para qualificar-se para a Final. O Ivan conseguiu e para nós foi um resultado muito bom, pois a concorrência era vasta (82 pilotos) e muito forte, assim como era apenas a quarta prova do Ivan numa categoria tão exigente como é a OK-Júnior”, comentou Bruno Lisboa, técnico do piloto português, patrocinado pela MD Group, MD Moldes, transfor Group, Damásio, amtools group, Gigatel, Mater, Lusitania Seguros, HRS FLOW e DMG MORI, gecim e ENGEL.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por jcaetano
Carregar mais em Desporto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja Também

45ª Meia Maratona Internacional da Nazaré

Nelson Oliveira, da Escola de Atletismo de Coimbra/JPaiva foi o primeiro a cortar a meta d…