Página Inicial Notícias Desporto Fróis venceu ao sprint em Alverca

Fróis venceu ao sprint em Alverca

 

 

Henrique Fróis venceu ao sprint a prova de Cadetes, disputada este Domingo em Alverca, levando 46m:59s para percorrer os 30 km da prova, com a média de 38,31 km/h, alcançando a sua segunda vitória nesta época. Henrique Fróis quando cortou a linha da meta ultrapassou alguns atletas que ainda estavam a entrar na última volta. Nesta prova de 15 voltas num circuito urbano plano e sem dificuldades Daniel Fortes, ficou na 3ª posição numa prova em que a vitória na classificação por equipas voltou a pertencer ao Alcobaça Clube de Ciclismo/Crédito Agrícola. Carlos Fernandes, ficou na 13ª posição, José Madeira foi 15º, Gabriel Casal foi 16º e Daniel Prata ficou na 35ª posição.

Um total de 62 corredores, em representação de nove equipas, alinharam à partida nesta prova que foi disputada a ritmos competitivos altos. A formação alcobacense, orientada pelo treinador Aurélio Sardinha, apenas permitiu um ritmo moderado na primeira volta e logo na segunda volta começou a puxar obrigando os adversários a reagir. A quarta volta já o pelotão começava a ficar muito esticado e a fragmentar-se. Na frente da corrida revezavam-se vários dos corredores do Alcobaça que controlaram todas as poucas tentativas de fuga protagonizadas por alguns adversários mais audazes. A equipa actuou de forma coordenada pondo em prática um articulado trabalho de equipa e foi sem surpresa que Henrique Fróis se sagrou vencedor.

No final da corrida Henrique Fróis manifestava a sua satisfação afirmando “foi uma boa prova, muito rápida, fiz as ultimas três voltas mais um colega depois ataquei ao sprint e ganhei. Quero agradecer esta prova à equipa, e ao treinador e equipa técnica” e dedicou a vitória à equipa, colegas, treinador, staff e família.

Alcobaça com seis podiuns em Alverca

Três podiuns foram conquistados pelos atletas de Escolas do Alcobaça Clube de Ciclismo/Crédito Agrícola no IV Prémio de Ciclismo de Alverca, que teve lugar no passado domingo, onde o Clube alcobacense participou com apenas três escalões dos quatro previstos. O domingo foi todo ele dedicado ao ciclismo com provas para os Escalões de Escolas, Cadetes e Juniores, onde o ACC conquistou um total de seis podiuns.

A manhã começou da melhor forma para a formação alcobacense que esteve nesta prova com apenas com apenas oito dos seus corredores habituais. No escalão de benjamins, Madalena Santos, foi a única a representar o Clube neste escalão, e uma vez mais sagrou-se vencedora ao completar as duas mangas da prova de destreza em primeiro lugar. Já no escalão de Infantis, Tiago Santos, sem qualquer surpresa voltou a ser o melhor na prova de destreza uma vitória que acabou por afirmar na prova em linha que voltou a ganhar de forma muito confortável alcançando mais um 1º lugar. No escalão de juvenis, Diogo Sousinha completou a prova de contra-relógio na segunda posição, resultado que viria a alcançar na classificação final. Rodrigo Damião nesta que foi a segunda prova em que participou terminou a prova de contra-relógio individual em 9º lugar, mas na prova em linha manifestou alguma dificuldade e terminou na 26ª posição da tabela classificativa geral enquanto Gonçalo Santo ficou em 32º lugar. Sem nenhum atleta do escalão de iniciados de 9 ou 10 anos de idade a equipa que tinha pontos para fazer um bom lugar vê-se relegada para o final da tabela classificativa, ocupando o 8º lugar entre as dezasseis equipas presentes.

Juniores aproveitaram a prova para treinar

Treinar em ambiente de competição foi a opção da equipa de juniores do Alcobaça Clube de Ciclismo/Crédito Agrícola que partiu para esta prova desfalcada de alguns atletas determinantes. Pedro Lopes, esteve todo o fim-de-semana em treino ao serviço da Selecção Nacional enquanto Gonçalo Aranha que continua a recuperar da fractura da clavícula sofrida na prova do dia 25 de Abril, o deixava a equipa reduzida a cinco unidades, pelo que não lhe restavam grandes possibilidades para fazer qualquer trabalho de equipa que permitisse algum resultado desportivo relevante. Assim, o treinador a optar por fazer da corrida um treino em ritmo competitivo, tanto mais que esta era uma prova do calendário regional que não pontua para qualquer competição oficial.

Na primeira volta, Rodrigo Pinheiro sofreu uma avaria na sua bicicleta e foi forçado a desistir, deixando a equipa ainda mais reduzida numa prova em que alinharam à partida apenas 36 corredores de sete equipas. O pequeno pelotão percorreu as vinte voltas da prova, num total de apenas 40 km, a um ritmo mormo, sem se notarem grandes desafios com os roladores a deixarem a decisão final para o sprint final. Carlos Rosa, do Alcobaça Clube de Ciclismo/Crédito Agrícola ficou em 19º lugar, Bernardo Santos foi 23º e Bruno Mendes ficou na 33ª posição, enquanto Gonçalo Silva acabou por desistir.

.

.

.Cister fm

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por jcaetano
Carregar mais em Desporto

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja Também

Contagem decrescente para a edição 2017 do Rali Vila Medieval de Ourém

  A edição de 2017 do Rally Vila Medieval de Ourém  vai para a estrada já este fim-de…