Página Inicial Notícias Desporto Carlos Santos 3º na Taça de Paraciclismo, Alcobaça em 9º lugar na Taça de Juniores

Carlos Santos 3º na Taça de Paraciclismo, Alcobaça em 9º lugar na Taça de Juniores

Carlos Santos 3º na Taça de Paraciclismo

O 3º lugar foi a posição conquistada por Carlos Santos, do Alcobaça Clube de Ciclismo/Crédito Agrícola na 1ª Prova da Taça de Portugal de Paraciclismo, Categoria C5, um contra-relógio individual de 23,4 quilómetros, que teve lugar no passado sábado na Zambujeira do Mar, concelho de Odemira. A par das dificuldades próprias das suas deficiências os paraciclistas tiveram que enfrentar as adversidades de um piso em mau estado e o vento.

A Taça de Portugal de Paraciclismo conta este ano com um número record de participações desde que foi criada esta vertente do ciclismo que reúne um conjunto de homens e mulheres portadores de algumas deficiências físicas ou neurológicas. Carlos Santos, natural da Vestiaria, compete na categoria C5 que reúne atletas com problemas de coordenação motora, limitação muscular ou amputações, que não impedem a utilização de bicicletas convencionais. A categoria C1 apresenta a limitação mais severa aos movimentos, enquanto C5 é a classe com menores limitações para o desporto, apresentando ao nível dos membros superiores.

Alcobaça em 9º lugar na Taça de Juniores

O 9º lugar é a posição do Alcobaça Clube de Ciclismo/Crédito Agrícola no ranking da Taça de Portugal de Juniores que teve neste fim de semana uma jornada dupla, disputada no concelho de Odemira. A formação alcobacense colocou três atletas no lote dos melhores 50 juniores do pais, com Gabriel Casal a ocupar o 14º lugar, Rodrigo Fonseca na 36ª posição e Miguel Correia no 47º lugar.

A Taça de Portugal de Juniores começou no sábado com um contra-relógio individual de 23,4km, disputada no sábado na Zambujeira do Mar enquanto no domingo foi disputada uma prova em linha de 129 quilómetros, entre Vila Nova de Milfontes e Odemira.

Gabriel Casal alcançou o 9º lugar na prova de contra-relógio disputado no sábado e, no domingo, viria a classificar-se em 13º lugar na dura prova em linha que começou com sol e calor e terminou em Odemira debaixo de chuva, numa etapa de muito desnível e com muitas quedas. Desde o início a formação alcobacense foi à luta, esteve presente em todas as fugas e respondeu a todos os ataques, mas quando eram percorridos 40 quilómetros da prova, o pelotão fragmentou-se com dois dos atletas alcobacenses a perderem o contacto com a cabeça do pelotão, tornando a luta dos restantes quatro mais difícil, num pelotão muito competitivo. No final o treinador Jorge Caldeira manifestava a sua “satisfação” pelo trabalho desenvolvido realçado que “os atletas cumpriram o que lhes foi pedido e foram à luta”.

Rodrigo Fonseca que no contra-relógio ficou em 45º lugar terminou a prova em linha na 20ª posição e ficou em 36º lugar no ranking. Miguel Correia, que ficou em 73º lugar no contra-relógio, na prova em linha foi 37º e garantiu o 47º lugar no ranking da Taça. Carlos Jorge que não trazia quaisquer pontos da primeira prova da Taça, no contra-relógio ficou na 69ª posição e na prova em linha ficou em 54º lugar, enquanto Carlos Fernandes que foi 79º no contra-relógio e 88º na prova em linha e Rafael Mateus que foi 96º no contra-relógio ficou na prova em linha ficou na 84ª posição, todos abaixo da linha dos 50 melhores, num pelotão de 106 corredores em representação de 18 equipas.

Tiago Santos venceu em Alpiarça

A vitória de Tiago Santos, no escalão de juvenis masculinos, marcou a presença do Alcobaça Clube de Ciclismo/Crédito Agrícola no Encontro Inter-Regional de Escolas de Ciclismo que teve lugar no passado domingo, em Alpiarça que juntou quase 200 atletas em representação de 18 clubes.

Tiago Santos disputou uma prova de contra-relógio e uma prova em linha sendo o melhor classificado em ambas as vertentes e conquistou um indiscutível 1º lugar no escalão, enquanto Tomás Henriques ficou em 4º lugar, Jorge Rosa foi 26º, Amílcar Madeira 35º e David Casal foi 39º. No escalão de infantis, João Gomes ficou em 19º lugar enquanto no escalão de iniciados femininos Madalena Santos ficou em 3º lugar e por fim no escalão de benjamins Madalena Ferreira ficou em 2º lugar e Matilde Ferreira ficou na 3ª posição e no escalão de pupilos Miguel Madeira ficou em 15º lugar. Menos sorte teve Ana Fernandes, do escalão de juvenis femininos, que sofreu uma aparatosa queda tendo que ser transportada ao Hospital, onde teve que passar a noite em observação.

Na classificação por equipas o Alcobaça Clube de Ciclismo/Crédito Agrícola ficou na 7ª posição entre as 20 equipas que estiveram presentes nesta prova que começou com sol e acabou com chuva.

Tiago Belchior 6º na Taça de Cadetes

O 6º lugar na 1ª prova da fase de Apuramento inter-regional da Taça de Portugal Cadetes foi conquistado por Tiago Belchior, do Alcobaça Clube de Ciclismo/Crédito Agrícola na prova disputada no passado domingo em Palmela.

A formação alcobacense apresentou-se com cinco atletas todos de primeiro ano, com alguns a estrearem-se em competição num pelotão numeroso de 64 corredores de 15 e 16 anos em representação de 13 equipas. Logo nos primeiros quilómetros começaram a verificar-se pequenas tentativas de fuga sempre prontamente anuladas pelo pelotão, mas quando eram percorridos pouco mais de dez quilómetros houve seis atletas de diferentes equipas que fizeram uma tentativa de fuga, na qual muitos não acreditaram. Certo é que a fuga vingou, conseguiu uma vantagem de mais de três minutos em relação ao pelotão, e só nos quilómetros finais é que os fugitivos tiveram a companhia de mais dois perseguidores. Entre os fugitivos estava Tiago Belchior, do Alcobaça Clube de Ciclismo/Crédito Agrícola e que na recta da meta assegurou o 6º lugar na tabela classificativa tendo levado 2h:12:44s para percorrer os 79,2 quilómetros da prova. Com uma vantagem tão destacada em relação ao pelotão, a viatura da equipa apoiou o atleta em fuga e os restantes permaneceram no pelotão, onde se fez notar a inexperientes dos corredores alcobacense de primeiro ano. Apesar disso, Bruno Ribeiro ficou em 28º lugar, Tomás Torres foi 38º, Rafael Soares 42º e Ricardo Ramos 45º, com todos os atletas a terminarem esta prova apurados para a fase seguinte. Na classificação por equipas o Alcobaça Clube de Ciclismo/Crédito Agrícola ficou no 7º lugar entre as 13 equipas presentes. A próxima prova da Taça de Portugal de Cadetes disputa-se a 28 de Abril, em Cascais, enquanto a final está marcada para os dias 18 e 19 de maio, na Anadia.

Paulo Vendeiro 3º lugar no Arrimal

O 3º lugar foi a posição de podium conquistada por Paulo Vendeiro, do Alcobaça Clube de Ciclismo/Crédito Agrícola, no Trial Nocturno do BTT Morcegos, do Arrimal que teve lugar no passado sábado à noite, naquele lugar do Concelho de Porto de Mós. Paulo Vendeiro levou 1h11m para concluir os 21 quilómetros da prova com 650 metros de desnível acumulado num percurso bastante técnico.

Pedro Souto, outro atleta de BTT, do Alcobaça Clube de Ciclismo/Crédito Agrícola que também participou nesta prova, ficou na 14ª posição. A iniciativa do BTT Morcegos, do Arrimal, no concelho de Porto de Mós, teve uma boa organização com um percurso traçado em bons trilhos.

Juniores do Alcobaça em Castelo Branco

Dois atletas no lote dos trinta primeiros foi o resultado alcançado pelo Alcobaça Clube de Ciclismo/Crédito Agrícola na 1ª Prova da Taça de Portugal de Juniores, disputada no passado domingo, em Castelo Branco. Num pelotão de 105 atletas em representação de 18 equipas a formação alcobacense viu Gabriel Casal alcançar o 28º lugar e Miguel Correia ficar na 30ª posição numa prova em que a equipa se apresentou com apenas quatro corredores, fruto de alguns condicionalismos de início de época. Com dois atletas nos trinta primeiros e dois fora de controlo, o Alcobaça Clube de Ciclismo/Crédito Agrícola não pontuou na classificação por equipas. Para o Alcobaça Clube de Ciclismo/Crédito Agrícola e atendendo a alguns condicionalismos “o resultado enquadra-se dentro das previsões”.

A corrida de 105 quilómetros apresentava um traçado sinuoso, com muito sobe e desce que causou um natural desgaste no pelotão que se fragmentou em pequenos grupos com um número significativo de corredores a desistir ou a chegar fora de controlo. No primeiro confronto da época as equipas avaliavam-se mutuamente e ninguém quis assumir o comando da corrida o que levou os potenciais candidatos à vitória a deixarem escapar a liderança da Taça para um corredor de Viseu. No ano anterior alinharam na primeira prova da Taça 146 corredores e este ano o pelotão contou com apenas 105 jovens ciclistas o que revela uma quebra significativa.

Carlos Santos 3º lugar no Campeonato de Pista

Carlos Santos, paraciclista do Alcobaça Clube de Ciclismo/Crédito Agrícola classificou-se no 3º lugar nas duas provas que disputou no Campeonato Nacional de Pista, disputado sábado e domingo, no Velódromo Nacional, em Sangalhos, Anadia, enquanto na camadas jovens do ciclismo de formação o único atleta do Alcobaça a participar foi Tiago Belchior, no escalão de cadetes que ficou em 6º lugar em duas das provas.

Carlos Santos, na classe C5, começou por disputar a prova de perseguição que viria a completar no tempo de 4,38 à média de 38,73 km/hora, ficando no 3º lugar, e viria a fazer igual resultado na prova do Quilómetro, que fez com o tempo de 1,28,72. No final afirmava “desta vez não correu como eu queria. Depois de treinar com uma relação de andamentos, tentei melhorar trocando os andamentos, resultado foi pior, mas é assim que estamos sempre, a aprender”.

No escalão de cadetes, Tiago Belchior, foi o único participante nas provas do Campeonato Nacional de Pista, e apesar dos bons indicadores que apresentava, no sábado não se sentiu na sua melhor forma e na prova de Scratch cotou-se no 7º lugar, entre os 34 participantes deste escalão. Na corrida por pontos, viria a ficar em 7º lugar. No domingo, voltou a competir, desta vez na prova de eliminação e ficou no 6º lugar. O atleta que esteve a correr de forma isolada, sem o apoio da estrutura do Clube, acaba por alcançar resultados muito promissores. O Campeonato Nacional de Pista, com mais de 180 inscritos, revelou o crescimento desta vertente de pista, que também congregou muitos adeptos, que coloriram as bancadas durante dois dias.

No próximo sábado, Tiago Belchior termina as provas de pista deste início de época com a participação no Troféu SUNLIVE, a 3ª e última prova da Taça de Portugal de Pista, depois no inicio de Março terão inicio as provas de estrada.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por jcaetano
Carregar mais em Desporto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja Também

POLO AQUÁTICO INTERNACIONAL EM RIO MAIOR

Nos próximos dias o Rio Maior Sports Centre vai voltar a receber mais duas importantes com…