Página Inicial Notícias Cultura e Música Gravíssimo! teve em 2017 a maior e mais internacional edição de sempre

Gravíssimo! teve em 2017 a maior e mais internacional edição de sempre

 

Festival e Academia Internacional de Metais Graves voltou a mexer com Alcobaça apostando em muitas estreias e inovações

 

Foi o maior e mais internacional Gravíssimo! de sempre: em 2017 o Festival e Academia Internacional de Metais Graves ofereceu a Alcobaça a sua edição com o maior número de participantes, 79 alunos inscritos a par de 28 professores e músicos convidados, salientando-se ainda pela maior participação de sempre de elementos do sexo feminino, com um registo de 10 inscritas, mas também pela participação mais internacional de alunos na sua história, oriundos de 8 países diferentes, Portugal, Espanha, Itália, Japão, Rússia, Escócia, Dinamarca e Suíça, assim como de professores, vindos de Portugal, EUA, Suíça, Áustria, Brasil, Finlândia, Noruega, Eslovénia e Japão.

Mas nem só de números se fez o mais recente Gravíssimo!: a realização, pela primeira vez, de um Recital de Jovens Talentos foi claramente uma aposta ganha da direção artística composta pelos músicos alcobacenses Sérgio Carolino e Hugo Assunção, bem como o convite a compositores residentes, 4 portugueses e 1 norueguês, que resultou este ano em 6 estreias mundiais: obras de Torstein Aagaard-Nilsen (1), Anne Victorino d’Almeida (2), Daniel Bernardes (1), Luís Cardoso (2) – tendo havido igualmente uma estreia europeia de Torstein Aagaard-Nilsen. Refira-se que foi ainda tocada uma obra do compositor residente Luís Cardoso de 2016 vencedora do Harvey Phillips Awards Prize for Excellence in Composition da ITEA (International Tuba Euphonium Association).

Outro dos principais destaques do cartaz foi o concerto dos TGB, inserido no ciclo de espetáculos Mosteiro de Alcobaça/Lugares Património Mundial da Região Centro, que na noite de 31 de agosto, levou perto de 500 espetadores à Ala Sul do Mosteiro de Alcobaça, num espetáculo de entrada livre, sem esquecer que em matéria de concertos (7) houve muitos outros grupos a marcar a sua passagem pela cidade: MASSIVE BRASS ATTACK!, T’NT “Tuba ‘N Tuba”, Yamaha Tuba Duo, Tubhonium Sketches, AntiTrio, Trio daBarca, The Devil’s Blow – Tuba uNIT! feat. Jon Sass, Rythm Bones e SubWoof3r Trio.

Tudo isto não teria sido possível sem os vários apoios e os patrocinadores agregados que, mais uma vez, muito contribuíram para o sucesso desta iniciativa apostada em colocar os instrumentos de metais graves em primeiro plano, promovendo por outro lado a troca e a partilha de experiências multiculturais e artísticas entre os diferente intervenientes.

.

.

.Cister fm

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por jcaetano
Carregar mais em Cultura e Música

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja Também

Visita temática: A Alegoria da Sala dos Rei

25 de maio, Sábado, 15h00 Junte-se a nós numa visita em que lhe “desvendamos” …