Batalha de Aljubarrota Comemora 631 anos

2016 08 14 cartaz A4 14 agosto

Durante o dia a população vai poder assistir a vários momentos que passam por Missa, Cerimónia Militar, Recriação do Combate Medieval às vésperas da Batalha de Aljubarrota e Apresentação dos trabalhos ao Prémio António Sommer Champalimaud

A Batalha de Aljubarrota tem este ano uma comemoração alargada pela data do 14 de Agosto, assinalando mais uma vez aquele que foi um dos dias mais importantes para os portugueses.

No terreno da Batalha haverá, como habitual, uma missa campal celebrada pelo Capelão do Exército e uma cerimónia militar, presidida pelo Major-General Diretor da Direção de História e Cultura Militar, onde estarão presentes cerca de 120 militares em parada.

Durante a manhã será dado destaque ao Prémio António Sommer Champalimaud, que foi desenvolvido com o objetivo de premiar trabalhos criativos alusivos à Batalha Real de 1385 realizados por crianças e jovens em Instituições de Solidariedade Social e/ou ensino da região de Leiria

Os trabalhos serão apresentados ao público durante a semana de 9 a 14 de agosto e a votação, dos melhores trabalhos, será feita pelos seguidores da página Facebook do CIBA e pelo júri, com representantes da Fundação Batalha de Aljubarrota.

A tarde será marcada pela animação cultural com a Recriação do Combate Medieval, às vésperas da Batalha de Aljubarrota. Aqui alguns homens de armas de Nuno Álvares Pereira são surpreendidos por um pequeno grupo de castelhanos, em reconhecimento do terreno, antes da chegada do imenso exército castelhano às terras do termo de Leiria.

Esta Recriação vai contar com a participação de jovens voluntários, alguns que fazem parte de instituições de solidariedade social e outros que a eles se queiram juntar (que podem fazer inscrição junto do CIBA – Serviço Educativo- contactar via facebook).

De lembrar que, a vitória portuguesa em Aljubarrota permitiu a preparação daquela que seria a época mais brilhante da história nacional – a época dos Descobrimentos – que, de outra forma, não teria ocorrido.

A Batalha de Aljubarrota proporcionou definitivamente a consolidação da identidade nacional, que até então se encontrava apenas em formação, e permitiu às gerações futuras portuguesas a possibilidade de se afirmarem como nação livre e independente.

Notas de Agenda:

Comemoração do Aniversário da Batalha de Aljubarrota

Manhã

10h00 Missa Campal, no altar da Batalha Real

11h00 Cerimónias Militares, com presença de 120 militares em parada

Prémio António Sommer Champalimaud

Tarde

Durante a Tarde Visitas ao Campo da Batalha e participação de Atividades Lúdicas, desenvolvido pelo Serviço Educativo do Centro de Interpretação da Batalha de Aljubarrota

18h30 Recriação do Combate Medieval às vésperas da Batalha de Aljubarrota, desenvolvido pelo Vivarte, com participação de jovens de instituições de solidariedade social e de todos os que se queiram juntar (inscrições junto do CIBA – Serviço Educativo- contactar via facebook)

Para mais informações pf.v. contacte:
Engaging Consuling
Ema Brito – 96 787 57 52
ema.brito@engaging.pt

Fundação Batalha de Aljubarrota

A Fundação Batalha de Aljubarrota (FBA) foi constituída em 2002, com a preocupação de valorizar e dignificar uma parte do património cultural Português associada aos principais campos de batalha existentes em Portugal, recuperando-os e valorizando-os. Existem seis locais históricos, os campos de batalha de Atoleiros (1384), Trancoso (1385), Aljubarrota (1385), Linhas de Elvas (1659), Ameixial (1663) e Montes Claros (1665).
www.fundacao-aljubarrota.pt

Centro de Interpretação da batalha de Aljubarrota.

Foi criado em 2002 e tem como objetivo apresentar a Batalha de Aljubarrota ao público, de uma forma rigorosa, instrutiva e cativante. O Centro dispõe de dois núcleos expositivos dedicados à Batalha, à época em que se inseriu e às descobertas arqueológicas no campo de batalha; um auditório para projeção de um espetáculo multimédia que reconstitui a Batalha e os eventos que a originaram. Comporta, ainda, serviços educativos com um programa variado dirigido não só a escolas, mas a outros grupos, visitantes individuais e famílias.

.

.

.Cister fm

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

Copyright©Cister.fm