COVID-19, SITUAÇÃO NO CONCELHO DE ALCOBAÇA, SEGUNDO PAULO INÁCIO PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL – ACTUALIZAÇÃO

22 de Janeiro – 18h00

Os dados cedidos hoje pelas autoridades de saúde reportam que no concelho de Alcobaça existem atualmente 770 casos ativos de Covid-19, 1197 curados e 34 falecidos.

Estes são dados oficiais, mas não restam dúvidas que estão desatualizados, em virtude da implementação do novo sistema centralizado de informação, ao qual as autoridades locais de saúde não têm acesso imediato.

Tal impossibilidade determina inevitavelmente uma desatualização dos números que não espelha a situação real da região, pois os números serão certamente superiores. No mínimo, estes dados não contemplam os ativos do dia de hoje.

A situação epidemiológica no concelho e no país é deveras preocupante. Todos os cidadãos têm de estar conscientes da mesma e das adversidades que estas novas estirpes mais contagiosas representam para todo o território nacional.

O dia de hoje correu com total normalidade no que diz respeito à vacinação dos funcionários e utentes do CEERIA e da Santa Casa da Misericórdia de Aljubarrota. Amanhã será a vez da parte residencial da Santa Casa da Misericórdia de Alcobaça.

Na próxima segunda-feira, as autoridades de saúde comunicarão, após a devida análise epidemiológica, o programa de vacinação das IPSS do concelho que ainda falta vacinar, em virtude de estas estarem ou terem estado sujeitas a surtos.

Mais do que nunca, o confinamento é necessário.

As outras regras a cumprir são simples e sobejamente conhecidas: manter o distanciamento social, higienização regular das mãos e respeitar a etiqueta respiratória.

Se cada um de nós assumir o seu papel de agente de proteção civil, estamos a contribuir para a defesa do Serviço Nacional de Saúde, dos nossos familiares e do nosso futuro.

No domingo, vamos cumprir o nosso dever e direito eleitoral, mas todos têm que estar bem conscientes das regras necessárias para o efeito.

Nas mesas de voto serão implementadas diversas medidas pela Proteção Civil que estará bem atenta e vigilante ao cumprimento das mesmas.

Só assim será possível realizar este ato eleitoral totalmente atípico e difícil.

A humanidade vive nos dias que correm um momento único, no qual a nossa ação individual tem consequências reais e imediatas.

Acredito na coragem e no sentido de responsabilidade dos alcobacenses que certamente saberão valorizar e defender a nossa comunidade, o nosso concelho e o nosso país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

Copyright©Cister.fm