Cistermúsica fecha este mês o ciclo “Fronteiras”

Onde um ciclo se fecha outro programa se abre: “Fronteiras” dá lugar a “Outros Mundos” a partir de dezembro

Concertos pelo GISBA e Drumming GP encerram ciclo “Fronteiras” no final de novembro e decorrem em Alenquer e no Mosteiro de Alcobaça

Iniciado no mês passado e promovido pelo Clube Alcobacense, ao abrigo do programa Garantir Cultura, o Cistermúsica fecha este mês o ciclo “Fronteiras”, onde se foram propondo cruzamentos artísticos e diálogos musicais a partir de obras de compositores contemporâneos, sempre com entrada livre.

O próximo espetáculo decorre no dia 28, às 16h00, no Átrio da Câmara Municipal de Alenquer, onde o GISBA – Grupo de Instrumentistas de Sopro da Banda de Alcobaça apresentará um programa de Homenagens a compositores como Ígor Stravinsky, Eurico Carrapatoso, Claude Arrieu e György Ligeti.

Já no dia 30 de novembro, às 21h30, a conclusão dá-se com o ensemble de percussão Drumming GP que irá atuar no Refeitório do Mosteiro de Alcobaça. Diálogo Luso-Glass pretende contrapor o universo estético deste compositor norte-americano ao suscitado por obras de alguns dos mais conceituados compositores portugueses contemporâneos, tais como Daniel Bernardes, Miguel Oliveira e José Alberto Gomes.

Cistermúsica inicia programa “Outros Mundos” com mais dois concertos imperdíveis em Alcobaça de Ricardo Ribeiro e Yamandu Costa

O Cistermúsica arranca em dezembro com mais um novo programa, também ao abrigo do programa Garantir Cultura, desta feita com a promoção da Espelho de Cultura, que traz ao Cine-Teatro de Alcobaça – João D’Oliva Monteiro, sempre às 21h30, dois grandes espetáculos de dois dos maiores nomes nas suas áreas.

O primeiro será no dia 10 de dezembro por Ricardo Ribeiro, uma das melhores vozes masculinas da sua geração no fado, que, com João Paulo Esteves da Silva ao piano, sobe ao palco para apresentarem o seu último, e muito elogiado, trabalho Respeitosa Mente.

Dois dias depois, a 12 de dezembro, será a vez do brasileiro Yamandu Costa, prodígio do violão de 7 cordas, promover um Encontro Ibero-Americano com Luís Guerreiro, na guitarra portuguesa, e o argentino Martín Sued, no bandoneón. Um projeto onde, além da tradição dos seus países (Brasil, Argentina e Portugal), os músicos reinventam juntos uma linguagem própria que nasce da junção das suas culturas. Respeitando as suas raízes, teremos uma visão pessoal e reinventada sobre o conceito musical ibero-americano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

Copyright©Cister.fm