Castelo de Porto de Mós, um ano de sucesso em tempos de infortúnio

Em 2020, o primeiro confinamento obrigou ao encerramento de monumentos e espaços culturais. O Castelo de Porto de Mós não foi exceção, tendo ficado de portas fechadas de 13 de março a 31 de Maio. De junho a dezembro, os constrangimentos afastaram as excursões e outras visitas de grupo, os eventos e parte substancial de públicos de proveniência internacional.


É, pois, motivo de regozijo o castelo registar uma afluência tão elevada, com um número de 19 365 visitantes, apenas suplantado em 2019, ano em que, mau grado o encerramento para obras até ao mês de abril, se registaram 19 604 visitantes. Significa isto que, desde 2015, as visitas quase duplicaram.


O ano arrancou de forma promissora, com o número de visitas a superar largamente o registado em anos anteriores. Com 6355 visitantes, agosto de 2020 foi mesmo o mês com o valor absoluto mais elevado de que há registo. O contexto de crise sanitária determinou que a esmagadora maioria fosse de proveniência nacional. Para esta dinâmica também contribuíram as exposições fotográficas de talentos portomosenses, que despertaram a atenção dos amantes da fotografia. Em resultado do investimento feito na diversificação da oferta, a loja do monumento registou um impressionante aumento de 94%, na faturação. Estes são os números que incentivam a continuação do trabalho desenvolvido nos últimos tempos.


O novo confinamento obrigou ao encerramento da fortaleza. No entanto, vale a pena manter a atenção ao futuro próximo e, assim que possível, revisitar o castelo dos afetos portomosenses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

Copyright©Cister.fm